sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Bolo de Cacau Vegano

@Regrann from @aninhalazzarotto - Quem mesmo que disse que bolo sem ovo e sem leite não cresce e não fica fofinho??? Este bolo de CACAU vegano está de chorar!😱💚😃 Olha a receita aí: 1 xic de chá de farinha integral 1/4 de xic de chá de farinha de trigo branca 1 xic. De chá de açúcar mascavo 1/3 de xic de cacau em pó 1 col. De café de bicarbonato de sódio 1 pitada de sal 1 xic de chá de água morna 1 Col de chá de extrato de baunilha 1/3 de xic de chá de óleo vegetal 1 Col de chá de vinagre de maçã 1 Col. De chá cheia de fermento em pó. Pré aqueça o forno a 180°c. Unte e enfarinhe uma forma PEQUENA. Num bowl, misture tudo nesta ordem até ficar homogêneo. Leve ao forno por 30 - 35 min. Faça o teste do palito. Receita deli da @maternidadevegana 💚 - #regrann #vegan #vegano #comidavegana #bolo #comidasaudavel #veganfood

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Esfoliante Natural de Café

Esfoliante NATURAL de CAFÉ: Num bowl, misture 2 Col de sopa de pó para café; 2 Col. De sopa de açúcar de coco ou mascavo; 1 Col. de sopa de cacau em pó; 1 Col de sobremesa de canela, 2-3 Col de óleo de coco. Misture bem. Está pronto. Guarde em um vidro bem fechado e longe da luz. Dura bastante. Use uma vez por semana. PROPRIEDADES DOS INGREDIENTES: CAFÉ: Para o uso externo, o café é um esfoliante natural muito eficaz, pois seus grãos moídos estimulam a remoção celular; tem um efeito anti-inflamatório que acalma a pele quando está irritada ou avermelhada; possui um efeito adstringente, que elimina os maus odores e ao mesmo tempo promove uma limpeza profunda e é um antioxidante natural que protege a pele dos nocivos efeitos dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce. Na indústria da estética, o café é utilizado para melhorar a aparência, principalmente feminina.Serve para a limpeza, dermoabrasão, esfoliação etc. AÇÚCAR: Ele é um umectante (hidratante) natural. Contém ácido glicólico, que ajuda com que as células da pele se renovem de forma mais rápida e eficiente. Esse ácido é bastante usado em cremes anti-idade e em tratamentos para recuperar a pele das manchas do sol. Ele funciona como um dos mais poderosos esfoliantes, já que suas partículas são ótimas para retirar as células mortas da nossa pele (por isso que após toda esfoliação ficamos a pele mais macia). As ótimas propriedades umectantes ajudam a tornar a pele mais suave e macia. E fica a dica: não apenas o rosto pode ser esfoliado – as mãos, os pés, os cotovelos e os joelhos também vão agradecer uma esfoliação semanal com o açúcar. Áreas com pelos encravados e  foliculite também podem apresentar uma boa melhora se você fizer esfoliações semanais com o açúcar. (CONTINUA NOS COMENTÁRIOS) #cosmeticavegana #cosmeticanatural #belezanatural #vegan #vegano #vegetariano #saúde #saudavel


Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Batatas Assadas com Páprica

Janta Rápida Vegana

Risoto de Cogumelos Paris

Enquanto a família come churrasco, euzinha como um risoto de cogumelos Paris. E adivinha ...eu não usei manteiga para dar brilho e cremosidade...usei mini chuchus cozidos no vapor e liquidificados com um tico de água só para bater! Ficou espetacular! Meu filho repetiu 5 vezes! Sim...eles avançaram na minha comida!!! 😊💚 A RECEITA! Faça um caldo de legumes na pressão por 15 min, com 1,5 litro de água, uma cenoura grande, 2 talos de salsão, 1/2 cebola grande e três cravos. Reserve. Pegue uns 8 mini chuchus, lave, corte ao meio e cozinhe no vapor até ficarem macios. Liquidifique-os com o mínimo de água possível, para que fique um creme beem grosso. Reserve. Na panela, refogue a outra metade da cebola e dois dentes de alho picados. Acrescente dois punhados grande de cogumelos Paris fatiados. Refogue por uns cinco minutos. Adicione uma caneca de arroz para risoto ( carnarolli ou arbório) e dê uma fritada nele mexendo sempre pra não grudar. Coloque 3/4 da caneca de vinho branco seco e mexa sem parar até que seque. Vá adicionando agora o caldo quente de legumes, de concha em concha, mexendo sempre a cada adição até secar para que o arroz solte o amido. Tempere com sal e pimenta do reino. Adicione "uma colher de servir" de shoyo. Mexa. O risotto estará pronto quando o arroz estiver quase cozido, ou quando for experimentar e o miolinho estiver um pouco al dente. Adicione 3-4 Col de sopa cheias do creme. Mexa. Corrija o sal, adicione bastante salsinha picada e sirva imediatamente!!! Bon appètit!!! #vegan #govegan🌱 #vegetarianos #vegano #risoto #italianfoods #veganfoodporn

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Granola com Cacau

#granoladaaninhalazzarotto #granola #granolavegan #veganfoodporn#veganfood #comidasaudável #granolavegana #veganofig #homemadefoods #semlactose #semovos #cacau A RECEITA: Numa tigela grande, coloque: 4 xic de aveia em flocos grossos, 1/2 xic de castanhas do Pará picadas, 1/2 xic de nozes picadas, 2 punhados de sementes de abóbora, 2 punhados de sementes de girassol, 3 Col de sopa de amaranto em flocos, 2 xic de flocos de milho, 1 1/2 xic de fitas de coco e 2 punhados de cacau nibs. Misture tudo. Reserve. Numa panelinha, coloque 1/2 xic de óleo de coco, 2 Col. De sopa de cacau em pó, 2 Col. De sopa de açúcar de coco, 1/2 xic. de melado de cana, 2 Col. De sobremesa de extrato de baunilha, 1 Col. De sobremesa de canela em pó e uma pitada de sal. Se o óleo de coco estiver duro, leve a panela ao fogo apenas o suficiente para derreter o óleo. Senão, misture tudo e derrame sobre a mistura seca da tigela. Misture bem e leve ao forno a 180°c por 10 min. Retire. Mexa. Devolva ao forno por mais 10 min. E faça assim pelos próximos 30 min. Ou até a mistura dourar. Retire e acrescente 2 punhados de uvas passas. Misture e deixe esfriar bem antes de guardar. Guarde em vidros bem fechados.

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Cookies de amendoim e Banana

Tri deliciosos, cheios de fibras, protéicos, e com gorduras boas. Agradeço à Tábata, do @maternidadevegana que me incentivou a criar e fazer!!! Faz aí... A RECEITA Resíduos do leite de uma xic de amendoim 1 banana caturra esmagada 1 Col de sopa cheia de linhaça triturada 1 Col de sopa de água 3/4 xic de açúcar demerara 1 xic de aveia em flocos finos 1 Col de sopa cheia de óleo de coco 1 Col de sopa rasa de fermento 1/3 de xic de leite de amendoim ( pode ser outro leite vegetal também) 1 Col de sopa de cacau em pó 1 1/2 xic de farinha de arroz Coloque a linhaça e a água em uma xic e mexa. Deixe descansar por 10 min. Enquanto isso, misture os outros ingredientes em uma tigela. Adicione a linhaça e misture. Unte a forma que for usar. Faça bolinhas de uns 2 cm de diâmetro e coloque na forma um pouco separados para não grudar em um no outro e leve ao forno a 180°c por 20 min. ( fique cuidando para não queimar).

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Cookies Veganos de Cacau

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Pães Veganos Integrais de Quinua

Pães veganos integrais com quinua. A RECEITA: Numa tigela grande, coloque 1 col de sopa de sal, 2 col de sopa de açúcar mascavo, 2/3 de xic de quinua em flocos, 1/2 xic de chá de óleo de girassol. Misture. Acrescente 2 xic de chá de água morna. Misture. Adicione 1 col de sopa bem cheia de fermento biológico seco. Misture. Vá adicionando de uma em uma, xícaras de chá de farinha de trigo (intercalando uma de trigo branco e uma de trigo integral) e mexendo depois de cada adição. Adicione farinha até que não dê mais para mexer. Comece a sovar dentro da tigela, adicionando mais farinha se necessário até que não grude mais nas mãos. Cubra a tigela com filme plástico. PREPARANDO O AMBIENTE PARA A FERMENTAÇÃO: Leve ao forno de microondas por 3 minutos, um copo com água. A seguir, coloque este copo no cantinho do micro (vai conservar o forno quente e úmido) e coloque a tigela com a massa lá. Feche o forno e deixe a massa lá por 1 hora. Prepare três formas de pão com um pouquinho de fubá salpicado dentro de cada uma. Não precisa untar. Passada a hora, salpique farinha de trigo branco na mesa e despeje a massa em cima. Hora de tirar o gás carbônico que se formou dentro da massa. Divida a massa em três partes iguais. Sove cada uma e modele os pães. Passe num pouquinho de farinha para não grudar na forma e coloque os pães dentro do forno, cobertos com um pano de prato por mais 30 minutos para crescerem novamente. Retire o pano e ligue o forno a 190°C. Asse os pães por 40 minutos ou até dourar. Retire os pães do forno e desenforme ainda quentes sobre uma gradinha para esfriarem bem. Só depois coloque em sacos plásticos. Prontooooo! E agora...Nhac! *Pode congelar. Dura três meses no freezer. #paocaseiro #handmadebread #bread #veganbread #pao #vegan #vegetarian #vegetariano #vegano

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Substituições Veganas Saudáveis para os Derivados de Leite

@Regrann from @vivavegchef Substituições veganas saudáveis para derivados do leite. Já testou alguma delas? foto do @vivavegchef

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Strogonof de Grão de Bico

Vegetariano come o quê? "Strogonof de grão de bico e biomassa. 😋😋😋

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Sopa Creme de Ervilhas

Jantinha para o frio: creme de ervilhas com leite de castanhas do Pará e aveia. Nhammmm!!! 😋😋😋

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Sanduba Integral Vegano

Bolo Vegano Two Colors

A RECEITA: Medida padrão: 250 ml Unte e enfarinhe a forma que for usar. Ligue o forno a 180°C para pré aquecer. Prepare os "ovos" veganos: coloque numa tigelinha 3 col. de sopa de farinha de linhaça ( eu uso a dourada e môo na hora) e 9 col de sopa de água. Deixe hidratar por 15 min. Tá pronto! Num bowl grande, peneire 2 xic. de farinha de trigo. Adicione 1 xic de açúcar, 2/3 de xic de óleo de girassol, os ovos orgânicos prontos, 1xic. de leite vegetal (usei o de castanha de caju). Misture tudo muito bem até ficar homogêneo. Adicione 1 pitada de sal, 1col. de sopa de fermento em pó e 1col. de sopa de vinagre de maçã. Misture de novo. Despeje 2/3 da massa na forma. No tanto que sobrou no bowl, adicione 3 col. de sopa de cacau em pó. Misture. Se precisar de liquido, adicione um pouquinho de água ou do leite vegetal. Mexa. Vire esta massa por cima da que está na forma. Com um garfo, mexa um pouco a massa de baixo, levando-a para cima da preta, mara misturar de leve as duas. Leve ao forno por 35 - 40 min. ou faça o teste do palito. #vegan #bolovegano #vegano #vegancakes

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

domingo, 26 de março de 2017

Pão de Centeio

A receita:

Numa tigela rasa e grande, coloque 1 col. de sopa de sal, 2 col. de sopa de açúcar demerara (ou outro), 1/2 xíc de chá de óleo de coco. Misture. Adicione 2 xic. de chá de água morna. Adicione mais 1 col. de sopa cheia de fermento biológico granulado. Mexa de novo. Acrescente a esta mistura 500 gr. de farinha de centeio. Mexa até ficar homogêneo. Após, vá acrescentando e mexendo, farinha de trigo até dar o ponto de sovar. Sove a massa por uns dois minutos dentro da tigela mesmo. Tape a tigela com filme plástico.  Num lugar fechado e quentinho (como o forno de microondas), coloque um copo de água fervendo no cantinho (isso fará o pão crescer super bem, porque ele precisa de um lugar quente e úmido). A seguir, coloque a tigela e feche o forno. Deixe a massa descansando lá por 1 hora. Retire, divida a massa em 3 partes iguais. Modele os pães, coloque nas formas e leve para crescer por mais 30 minutos, cobertos com um pano limpo. Leve ao forno NÃO PRÉ AQUECIDO a 180ºC por 40 minutos +/- ou até dourarem. 
Enjoy!

Iogurte com Mamão e Sementes de Abóbora

Lanche da tarde... Iogurte natural+ sementes de abóbora+ mamão cozido com gengibre+ mel

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Quinotto de Legumes

Começando a dieta ayurvédica anti toxinas (anti- ama). Fiz um "Quinotto" de legumes super gostoso! As crianças quiseram provar e repetiram. A receita: Coloquei para cozinhar 1/2 xic de quinua com 1 e 1/2 de água em fogo baixo. Não temperei. A parte, coloquei para cozinhar (al dente) no vapor, umas 10 vagens, 1 cenoura pequena picada, 1/2 folha de couve fatiada fino, 1 espiga de milho. Cuide o cozimento, pois tem legumes que ficam prontos em tempos diferentes. Numa panela, doure no ghee meia cebola picadinha. Baixe o fogo. Adicione os legumes. Misture. Coloque 1 col de cafezinho de curcuma, pimenta do reino e sal rosa a gosto. Misture. Agregue a quinua. Misture de novo. Coloque um pouquinho de água ( só um pouquinho mesmo) Deixe 2 minutos e desligue. Sirva. #ayurvedalife #ayurveda #saudavel #comidasaudavel #vegetariano

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

quarta-feira, 1 de março de 2017

Granola...Outra!





Granola...para comer com iogurte, com frutas, com pudim de chia, pura!  De comer ajoelhada! 


4 xícaras de flocos de aveia (usei grossos), 1 xícara de macadâmias picadas, 1 xic de amêndoas em lascas, 1 1/2 punhado de sementes de abóbora, 1/2 xic de sementes de girassol, 1/2 xic de cacau Nibs, 3 colheres (sopa) de amaranto, 1 1/2 xic de flocos de milho, 1/2 xícara de óleo de coco, 1/2 xic de melado, 3/4 de xic de Coco ralado grosso não adoçado, 2 colheres de sobremesa de baunilha, 1 colher de sobremesa de canela em pó, 1 xic. de uvas passa. Em recipiente coloque o  melado, o óleo, a baunilha e a canela. Aqueça numa panelinha. Noutra vasilha coloque todos os outros ingredientes secos. Adicione a calda de óleo e melado e misture bem. Coloque para assar numa assadeira grande em forno a 180°C pré aquecido.  A cada 5 minutinhos, retire do forno e mexa bastante. Assim ela vai assando por igual. A granola tem que ficar dourada, senão fica crua e mole. Portanto, na dúvida, deixe assar mais um pouquinho (cuidado para não queimar no fundo. Lembre-se de sempre mexer. Espere esfriar bem e só então, adicione as uvas passa. Guarde num pote bem fechado. Receita adaptada da @quitandoquinha.

Por hoje é só! Até a próxima!!!

Bolo Mármore Vegano




Bolo delicioso. Sem leite, sem ovos, vegano. As aulas começaram, minha “criança” de 19 anos está trabalhando o dia inteiro e iniciou a faculdade de economia (passou em primeiro lugar!!!) à noite. Vive correndo, então já fiz este bolo para o café da manhã dele também! Minha criança de 10 anos passou para o turno da manhã. Precisa de lanche também!  Acordo todos os dias às 6:15 hs. Levanto, acordo os dois e vou para a cozinha. Tem dias que sai panquequinhas de banana, tem dias que sai batida de banana com chocolate. Outros, bolo ou frutas. Ou ainda, iogurte natural com granola e mel. E fruta. Nenhum dos dois é de comer muito neste horário. Procuro incluir sempre fruta de manhã. Capricho no lanche da escola. No trabalho, o maior já ganha lanche. Depois que saem, volto para a cama e lá fico até as 8:30. Assim são as nossas manhãs. Demorei um pouco a entrar na rotina, mas agora estou super habituada! E vamos que vamos, minha gente!

A receita:

Pré aqueça o forno a 180°C. Unte e enfarinhe a forma que for usar.

3 col de sopa de linhaça triturada na hora
6 col de sopa de água
Misture em uma tigelinha e deixe de molho por 15 minutos.

Num bowl, peneire 2 xic de chá de farinha de trigo, 1 xic de chá de açúcar, 1/2 de xic de chá de óleo de girassol, a linhaça, 1 1/2 xic. de chá de leite vegetal (usei de amêndoas). Misture. Adicione 1 col. de sopa cheia de fermento em pó. Misture. 
Despeje a metade da massa na forma. Na outra metade, adicione 2 col de sopa de cacau em pó. Misture. Se precisar, coloque um pouquinho de leite vegetal.
Despeje a massa sobre a outra. Com um garfo, "revire" um pouco a massa, trazendo um pouco da branca sobre a preta. Leve ao forno por 35-40 minutos ou até dourar.



Por hoje é só! Até a próxima!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Crostinis de Sementes e Casca de Banana Verde










Dia desses eu estava fazendo biomassa de banana verde e pensando no que eu podia fazer para aproveitá-las. Então, deparei-me com o insta da Patrícia Helu e encontrei esta receita deliciosa, super saudável e cheia de nutrientes do bem. Gente...não durou duas horas! É daqueles biscoitinhos que a gente não consegue parar de comer, sabe? Deixo aqui a receita, então!


Você vai precisar de: 
½ xic de casca de banana verde cozida e processada (bater no liquidificador com o mínimo de líquido possível)
½ xic. de fubá
1 co. de cafezinho de sal
1 col. de sopa de óleo de coco
1 col. de sopa de semente de linhaça
1 col. de sopa de gergelim
1 col de sopa de sementes de abóbora
1 col. de sopa de sementes de girassol
Lemon pepper para salpicar por cima

Faça assim:
Pré-aqueça o seu forno em temperatura alta (220°C). Misture e incorpore todos os ingredientes. Disponha sobre uma forma larga (tipo aquelas para pizza ou outra que quiser) e achate a massa com as mãos ou com o auxílio de uma colher. Quanto mais fininha, mais crocante ficará depois de pronta! Salpique o lemon Pepper por cima da massa. 


Asse por cerca de 20 minutos. Retire do forno e ainda quente, corte os pedaços. Deixe esfriar completamente antes de guardar.
Sirva com pastinhas diversas, guacamole ou até como um salgadinho. Fica delicioso. 


Por hoje é isso! Daqui a uns dias, volto com mais novis para vocês! Um abraço e bom carnaval.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

I Workshop de Panificação








Dia 4 de fevereiro foi super bom! Fizemos o I work de pães a pedido "dazamigas" que queriam aprender. Foi muito bom mesmo! Seguem as fotos.

Os pães feitos foram: colonial integral e pão Vegano de amaranto, gergelim e proteína da ervilha. A degustação, contou com o azeite @oliveirasdoseival, de variedade Koroneike.

Por hoje é só! Até a próxima!


Spritz de água Kefirada


Pegue a água kefirada (ÁGUA DO KEFIR JÁ COADA), coloque 1/3 de uma garrafa pet dela, 1/3 de suco de uva integral, e no outro terço que sobrou, deixe vazio. Esprema a garrafa e feche. Deixei fora da geladeira até a bebida gaseificar e a garrafa voltar ao normal (1 - 2 dias) e depois mais dois dias de geladeira. Pronto. Pode usar o suco de fruta integral (ex: uva) OU Bater a água kefirada já com a fruta e coar e prosseguir com a fermentação – na foto abaixo foi feito com abacaxi.


Abaixo, o de suco de uva.




OBS: O ato de pressionar levemente a garrafa é para criar espaço para fermentação, evitando acidentes (explosão da garrafa por causa da formação de gás) .


Por hoje é só! Até a próxima!

Panquequinhas de Banana e Aveia

Kefir de Água



Informações adaptadas dos seguintes endereços (pq eu tinha preguiça de elaborar um texto hoje!!!):

https://www.temperando.com/2016/04/kefir-de-agua-como-cultivar/
http://kefiralimentoprobiotico.blogspot.com.br/2012/08/como-cultivar-graos-do-kefir-de-agua.html


Os grãos de Kefir de água são pequenos, translúcidos ou caramelos (dependendo do açúcar que você usa) e tem a aparência de micro cristais. Quando bem cultivados produzem uma rica bebida probiótica e continuam crescendo indefinidamente.

Preparar o Kefir de Água é super simples. Os grãos são cultivados em água adoçada com açúcar ou rapadura (nunca use mel). As bactérias e leveduras presentes nos grãos metabolizam o açúcar, transformando em um conjunto de microorganismos benéficos, repleto em vitamina, aminoácidos e enzimas.

Como toda bebida fermentada, a cultura de kefir de água produz uma quantidade pequena de álcool, que varia de 0.5% a 0.75%, dependendo o tempo de fermentação e a quantidade de açúcar. Quando fermentado suco de frutas, que possuem mais açúcar a quantidade de álcool sobre para 0.9% a 1%.

O Kefir de Água se reproduz melhor em um ambiente mineral e preferencialmente com açúcar orgânico. Se usar açúcar mascavo, por exemplo, o seu Kefir terá uma coloração caramelo, usando açúcar refinado a coloração será mais límpida. Eu particularmente uso água mineral e açúcar mascavo. Além dos grãos, água e açúcar você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar a sua água já fermentada.

COMO CULTIVAR GRÃOS DO KEFIR DE ÁGUA

 Em ½ litro de água filtrada ou mineral na temperatura ambiente coloque 2 colheres de sopa de açúcar mascavo. Misture bem para diluir, e com uma colher PLASTICA, adicione os grãos de Kefir. Mexa levemente, tampe a boca do vidro com um voal ou com papel toalha e prenda com uma borrachinha ou barbante. Deixe em um lugar a temperatura ambiente (em cima da geladeira, ou balcão...) e onde não pegue sol direto. Deixe fermentando por 24 horas.
O tempo de fermentação é ao gosto de cada um; pode-se coa-lo com 12h , como deixa-lo por mais tempo fermentando, caso esqueça, pode-se deixar fermentando por 48 horas sem problema algum, eles não morrerão, apenas o gosto ficará acentuado. Depois de fermentar, coe os grãos de kefir. Armazene o líquido fermentado em um recipiente com tampa.

 * Importante dizer que, quanto maior a temperatura ambiente mais rápido irá fermentar e ainda que quanto mais tempo fermentando menos doce ficará. Retorne os grãos para um recipiente com água de açúcar para reiniciar o processo. Depois de coada a água de kefir deverá ser armazenada em um recipiente devidamente tampado:

• Em temperatura ambiente – 3 a 4 dias.
• Na geladeira – 2 a 3 semanas.
• No freezer – até 3 meses.

O ideal é armazenar na geladeira. Agora é só consumir a água de kefir pura ou pode-se, ainda, adicionar aromatizadores, como por exemplo suco de frutas, sachê de chá, frutas frescas ou secas para saborizar.

 O que faço, e adoramos é o SPRITZ. Fica parecendo um refrigerante refrescante do sabor que escolheres.

 Não é necessário lavar os grãos entre um cultivo ou outro, mas recomenda-se fazer isso uma vez na semana. Depois de peneirado, lave os grãos com água filtrada e depois reinicie o processo.

Para cada litro de água recomenda-se usar cerca de 3 a 4 colheres (sopa) de grãos de kefir. Se usar mais o processo de fermentação será mais acelerado. Você saberá que o kefir está dando certo quando, depois de fermentado, a água estiver mais clara e com um gostinho mais azedinho. Além da água com açúcar é possível usar suco de frutas e água de coco para fermentar.

O ideal é separar grãos específicos para essa finalidade porque os grãos usados para fermentar os sucos irão dar um gosto diferente na água. Se notar que os grãos estão ficando fracos, colocá-los na solução de água com açúcar pelo menos uma vez a cada duas semanas, descartando a água em seguida.

Nunca consumir o kefir que apresentar gosto ou cheiro estranho. É normal um cheiro de fermentado e um sabor um pouco mais ácido, mas nunca cheiro e gosto totalmente desagradável. Dicas úteis: - Nunca manipule os grãos de Kefir com material de metal, isso irá matá-los.

Use coador e colher, preferencialmente, de plástico ou madeira (inox também pode). Para cultivar o Kefir dê preferência a jarras e recipientes de vidro, sempre bem limpos, porque eles não interferem no desenvolvimento do Kefir. Recipientes de plástico podem ser propensos a contaminação.

Para limpar bem os vidros onde você vai deixar o Kefir fermentando, lave com água e passe água fervente.
 - Observe sempre o prazo de validade do açúcar , evitando assim que ele fique velho e/ou contaminado com fungos, use marcas confiáveis e guarde sempre o excedente do açúcar mascavo na geladeira.
 - A proporção de grãos X açúcar mascavo não é rígida, pode variar sem problema algum. Esta é apenas uma sugestão.
 - Nunca aqueça os grãos de Kefir. Isso vai matá-los!
- Conforme o seu Kefir for aumentando, guarde uma porção no congelador de backup (“mudas de segurança”) para o caso dos teus grãos morrerem. Faça doses de 1 col. de sopa cheia de grãos e congele. Doe o excedente!
- PARA DESCONGELAR: Retire do freezer e deixe em temperatura ambiente até degelar. Faça como de costume, porém a primeira fermentação deves colocar fora e a partir daí, fazer normalmente. - O ideal é que a fermentação ocorra em temperatura ambiente e a evolução é melhor em temperaturas em torno de 22ºC a 30ºC. Assim, o processo de fermentação e o tempo vai variar de acordo com a temperatura e ambiente, em dias mais frios a fermentação será mais lenta, em dias mais quentes mais rápida.
- Quando precisar viajar, coloque-os na geladeira em um recipiente tampado que ele se manterá vivo. Depois é só coar (descartar o líquido) e voltar ao processo normal.. Desta forma se reproduzem mais lentamente, pois entram no “modo hibernação”. Importante ressaltar que pode demorar alguns dias até eles voltarem completamente a ativa. Se o tempo se prolongar, podes CONGELAR. Para isso, coe-os, coloque-os num saquinho de plástico, e leve-os ao freezer. Duram por 3 meses (teve gente que deixou 1 ano e os grãos voltaram a se reproduzir normalmente).

 Por hoje é isso! Até a próxima!

Bolinhos de Cacau, Iogurte e Mel para o Lanche

Lanche pronto para amanhã...Primeiro dia de aula dá Bebella...E de manhã!!! 😬 Quanto ao bolinho, é de cacau, iogurte e mel 100 gr. de manteiga em temperatura ambiente 1 xic de açúcar 3 ovos 2 xic de farinha de trigo 3 col de sopa de cacau 200 gr de iogurte 1 col de sopa de mel 1 pitada de sal 1 col de chá de extrato de baunilha 1 col de sopa de fermento em pó Pré aqueça o forno a 180°c. Prepare as forminhas dos bolinhos. Bata o açúcar com a manteiga até ficar cremoso. Adicione os ovos um a um, misturando apenas com uma colher. Adicione os demais ingredientes e mexa bem até ficar homogêneo. Distribua a massa nas forminhas colocando apenas até a metade. Leve ao forno e asse por mais ou menos 20-25 minutos. A cobertura não fiz, pq as crianças, graças a Deus não curtem. Faça se quiser. Faz 18 bolinhos (+/-)

Uma publicação compartilhada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Labneh de Kefir de Leite

RECEITA: faça iogurte natural (seja este ou de KEFIR - que foi o meu caso). Depois de pronto, salgue ele a gosto. Pegue uma peneira, forre ela com um pano limpíssimo de algodão ou voil e despeje o iogurte. Cubra ele com o próprio pano ou uma tampa, coloque a peneira em cima de um recipiente e leve a geladeira para escorrer o soro por 4-5 dias. Depois disso, pegue um vidro limpo, encha de azeite de oliva extra virgem, coloque os temperos que quiser (neste eu coloquei bastante orégano, louro e pimenta rosa). Pegue o queijo pronto, e com a ajuda de duas colheres, faça as bolinhas e vá colocando dentro do vidro. Ao final, feche e leve a geladeira. Espere uns 2 dias para consumir. 😉😘

Bolo Integral de bananas com Castanhas

Bolo Integral de Bananas e Castanhas - uma delícia! De comer ajoelhada.! A receita: Unte e enfarinhe uma forma que para usar. Pré aqueça o forno a 180ºC. Num bowl, coloque 1/2 xic. Chá de castanhas do pará picadas; 1/2 xic. De chá de uvas passas brancas e pretas misturadas; 1/2 xic. De chá de gérmen de trigo, 2 xic. De chá de aveia grossa. Misture e reserve. No liquidificador coloque 3 bananas caturras; 3 ovos de linhaça (OU 3 ovos normais), 1/2 xic. De óleo de girassol e 3/4 de xíc. De açúcar mascavo. Bata até ficar homogêneo. Misture esta massa à mistura de aveia. Se ficar muito seco, adicione água aos poucos para ficar na consistência de massa de bolo. Adicione 1 col. De sopa de fermento em pó Pode adicionar à massa uma maçã ralada também. Leve mais de 45 min. Aposente-se e deixe esfriar Polvilhe açúcar de confeiteiro com canela. #bolo #bolointegraldebanana #vegano #vegetariano # saudável #ficavaiterbolo #saudavel

Uma foto publicada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Spritz de Uva com água kefirada

Receita: Comece com garrafa pet de 500 ml de água, é mais fácil controlar a gaseificação. Bata a fruta de seu agrado com a água kefirada é coe, ou então misture suco e água kefirada. Encha a garrafa pet deixando 1/3 do espaço livre, aperte até o suco subir até o gargalo e feche. A garrafa vai ficar amassada, deixe em temperatura ambiente até retornar à forma original, em média 24h a depender da temperatura e do teor de açúcar. Depois mais 2 dias na geladeira. Cuidado ao abrir. Essa é a básica, comece por aí."

Bolo Simples e Fofo de Aipim

Bolo simples, porém super fofo de aipim! Hoje tô sem vontade de caprichar!!!🙄😬 A receita? Pré aqueça o forno a 180°c. Unte e enfarinhe a forma que for usar. 1 prato fundo de aipim sem o fio do meio, cortado em pedaços; 3 ovos de linhaça ( pode botar 3 de galinha) 1 1/2 xic de açúcar 2/3 de xic de óleo de girassol 300 ml de leite de coco ( fiz c/ o caseiro) OU 200 DE LEITE DE COCO + 100 DO LEITE QUE COSTUMA USAR. 50 GR de coco ralado Bate tudo no liquidificador. A parte, numa tigela, peneire 2 xic de farinha de trigo ( usei só integral), acrescente 1 xic de maisena e 1 col de sopa de fermento em pó. Mexa. Misture a massa do liquidificador a esta farinha. Despeje na forma e leve assar por 40 - 45 min. Não fiz cobertura, pois tava com preguiça.

Uma foto publicada por aninha lazzarotto (@aninhalazzarotto) em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...