domingo, 13 de março de 2016

Sobre Puns e Antinutrientes



Alimentos que contém Fitatos

Alimentos que contém Oxalatos

Os fitatos estão aí, ó...nesta espuma do feijão!



O assunto hoje pertence a todos e é de interesse de todos: PUNS!!! Ricos, pobres, gordos, magros, de todas as raças, religiões, regiões do mundo...TODO MUNDO tem gases! Todo mundo!!! Até os animais!!!! Alimentos fermentam, formam gases dentro do corpo e têm que sair de alguma forma, porque senão explodiríamos...e saem em forma de puns (nome delicado para peidos - achou engraçado? Grosseiro???  Está lá no dicionário para todo mundo ver!!!! Vá lá e leia a definição...)!

Você já notou que quando ingere feijão (e outros grãos), batata doce, repolho e outros alimentos, depois de algumas horas inicia-se um "show pirotécnico" de bombas e foguetes fedorentos??? Pois são os anti nutrientes agindo no seu organismo...os FITATOS E OS OXALATOS.

Afinal, o que são anti nutrientes?

São substâncias que se ligam ao cálcio, ferro, magnésio e vários outros nutrientes presentes nos alimentos e bloqueiam a absorção desses mesmos nutrientes pelo corpo. Eles "sequestram" esses nutrientes da nossa comida para si e impedem o organismo de conseguir o aproveitamento total dos alimentos pois quando se ligam a minerais e proteínas, produzem complexos insolúveis (que não dissolvem), impedindo-os de serem bem absorvidos. Daí ocorre a fermentação destes alimentos e, consequentemente ...os puns!

OS FITATOS estão mais presentes nos cereais e nas leguminosas, como feijões, grão de bico, favas, lentilhas, ervilhas, soja, aveia , arroz integral, trigo, quinoa, cevadinha, nuts em geral (amêndoas, nozes, castanhas...) 

OS OXALATOS estão presentes em vegetais como espinafre, repolho, brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, cacau, tomate e tubérculos, como beterraba, mandioquinha, batata doce, batata, inhame e mandioca. 

Para diminuir a quantidade de oxalato sem excluir esses alimentos da dieta é importante consumi-los apenas depois de escaldá-los com água fervendo e dispensar a primeira água de cozimento, o que é muito importante fazer principalmente com o espinafre pois é muito rico em oxalatos.
Isto porque não se deve excluir completamente da alimentação todos os vegetais ricos em oxalato, pois são também ricos em ferro e outros nutrientes importantes para uma alimentação equilibrada.

Então, como fazemos para eliminar os anti nutrientes???

Os FITATOS: DEIXANDO DE MOLHO por algumas horas com um pouco de ácido como suco de 1/2 limão ou 1 col. de sopa de vinagre, que ajudam a liberação dos fitatos (não vou entrar em química aqui, falando de quebra de moléculas e etc, tá?) - nas nuts, não precisa o limão ou o vinagre.

Os OXALATOS: Para diminuir a quantidade de oxalato sem excluir esses alimentos da dieta é importante consumi-los apenas depois de escaldá-los com água fervendo e dispensar a primeira água de cozimento, o que é ESSENCIAL fazer principalmente com o espinafre pois é muito rico em oxalatos. Isto porque não se deve excluir completamente da alimentação todos os vegetais ricos em oxalato, pois são também ricos em ferro e outros nutrientes importantes para uma alimentação equilibrada.

Nossas avós, sem saber, faziam o certo!!! O raciocínio delas era que se deixasse de molho o alimento da noite para o dia, ele ficaria mais "mole" e com isso, diminuiria o tempo de cozimento. 


Se vai consumir ou não, a decisão é tua! O que tu tens que saber é que o pouco de nutrientes que está consumindo, vai indo por água abaixo. Não adianta caprichar na salada, nos legumes, no grelhado se no mesmo prato tiver um pouco de feijão ou arroz que não foi deixado de molho - ou tu pensas que o feijão, o grão de bico, a lentilha, etc. que comes nos restaurantes foram deixados de molho? Pensa bem...eles têm tempo para isso???

Abaixo, deixo uma tabela ( fornecida pela Alana - que uso para demolhar os alimentos:

Feijões: 24 horas trocando a água a cada 8 horas - com exceção do carioquinha que tem que deixar 48 horas (tem que se programar)
Favas: 12 horas (trocando a água umas 2 vezes)
Grão de bico: 24 horas (trocando a água a cada 8 horas)
Lentilha: 12 horas (trocando a água a cada 8 horas)
Batata Doce: 8 horas (trocando a água a cada 4 horas)
Inhame: 24 horas (trocando a água a cada 8 horas)
Batata Inglesa, Baroa e Beterraba: 4 horas
Amêndoas, nozes, castanhas de caju: 8 horas
Ervilha: 12 horas (trocando a água na metade do tempo)
Quinoa, arroz integral,  aveia:  12 horas são suficientes (lembrando de sempre trocar a água na metade do tempo)

Por hoje é só! Daqui a pouquinho venho com mais novidades! Até!
Um beijo...e um queijo!


Fontes de pesquisa: 

FOTOS: as que não tem a marca dágua, foram tiradas da Web
TEXTO:
https://www.facebook.com/theveggievoice/
https://lookaholic.wordpress.com/2013/01/07/o-que-sao-fitatos-e-oxalatos-e-porque-voce-deve-tomar-cuidado-com-eles-em-sua-alimentacao/
http://www.deliyou.com.br/blog/graos-e-castanhas/
http://drauziovarella.com.br/letras/f/flatulencia/
http://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-oxalatos/
http://www.alimentacaovegetariana.com/2014/03/feijoes-fitatos-alimentacao-vegetariana.html

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...