quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Kefir de Água



Informações adaptadas dos seguintes endereços (pq eu tinha preguiça de elaborar um texto hoje!!!):

https://www.temperando.com/2016/04/kefir-de-agua-como-cultivar/
http://kefiralimentoprobiotico.blogspot.com.br/2012/08/como-cultivar-graos-do-kefir-de-agua.html


Os grãos de Kefir de água são pequenos, translúcidos ou caramelos (dependendo do açúcar que você usa) e tem a aparência de micro cristais. Quando bem cultivados produzem uma rica bebida probiótica e continuam crescendo indefinidamente.

Preparar o Kefir de Água é super simples. Os grãos são cultivados em água adoçada com açúcar ou rapadura (nunca use mel). As bactérias e leveduras presentes nos grãos metabolizam o açúcar, transformando em um conjunto de microorganismos benéficos, repleto em vitamina, aminoácidos e enzimas.

Como toda bebida fermentada, a cultura de kefir de água produz uma quantidade pequena de álcool, que varia de 0.5% a 0.75%, dependendo o tempo de fermentação e a quantidade de açúcar. Quando fermentado suco de frutas, que possuem mais açúcar a quantidade de álcool sobre para 0.9% a 1%.

O Kefir de Água se reproduz melhor em um ambiente mineral e preferencialmente com açúcar orgânico. Se usar açúcar mascavo, por exemplo, o seu Kefir terá uma coloração caramelo, usando açúcar refinado a coloração será mais límpida. Eu particularmente uso água mineral e açúcar mascavo. Além dos grãos, água e açúcar você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar a sua água já fermentada.

COMO CULTIVAR GRÃOS DO KEFIR DE ÁGUA

 Em ½ litro de água filtrada ou mineral na temperatura ambiente coloque 2 colheres de sopa de açúcar mascavo. Misture bem para diluir, e com uma colher PLASTICA, adicione os grãos de Kefir. Mexa levemente, tampe a boca do vidro com um voal ou com papel toalha e prenda com uma borrachinha ou barbante. Deixe em um lugar a temperatura ambiente (em cima da geladeira, ou balcão...) e onde não pegue sol direto. Deixe fermentando por 24 horas.
O tempo de fermentação é ao gosto de cada um; pode-se coa-lo com 12h , como deixa-lo por mais tempo fermentando, caso esqueça, pode-se deixar fermentando por 48 horas sem problema algum, eles não morrerão, apenas o gosto ficará acentuado. Depois de fermentar, coe os grãos de kefir. Armazene o líquido fermentado em um recipiente com tampa.

 * Importante dizer que, quanto maior a temperatura ambiente mais rápido irá fermentar e ainda que quanto mais tempo fermentando menos doce ficará. Retorne os grãos para um recipiente com água de açúcar para reiniciar o processo. Depois de coada a água de kefir deverá ser armazenada em um recipiente devidamente tampado:

• Em temperatura ambiente – 3 a 4 dias.
• Na geladeira – 2 a 3 semanas.
• No freezer – até 3 meses.

O ideal é armazenar na geladeira. Agora é só consumir a água de kefir pura ou pode-se, ainda, adicionar aromatizadores, como por exemplo suco de frutas, sachê de chá, frutas frescas ou secas para saborizar.

 O que faço, e adoramos é o SPRITZ. Fica parecendo um refrigerante refrescante do sabor que escolheres.

 Não é necessário lavar os grãos entre um cultivo ou outro, mas recomenda-se fazer isso uma vez na semana. Depois de peneirado, lave os grãos com água filtrada e depois reinicie o processo.

Para cada litro de água recomenda-se usar cerca de 3 a 4 colheres (sopa) de grãos de kefir. Se usar mais o processo de fermentação será mais acelerado. Você saberá que o kefir está dando certo quando, depois de fermentado, a água estiver mais clara e com um gostinho mais azedinho. Além da água com açúcar é possível usar suco de frutas e água de coco para fermentar.

O ideal é separar grãos específicos para essa finalidade porque os grãos usados para fermentar os sucos irão dar um gosto diferente na água. Se notar que os grãos estão ficando fracos, colocá-los na solução de água com açúcar pelo menos uma vez a cada duas semanas, descartando a água em seguida.

Nunca consumir o kefir que apresentar gosto ou cheiro estranho. É normal um cheiro de fermentado e um sabor um pouco mais ácido, mas nunca cheiro e gosto totalmente desagradável. Dicas úteis: - Nunca manipule os grãos de Kefir com material de metal, isso irá matá-los.

Use coador e colher, preferencialmente, de plástico ou madeira (inox também pode). Para cultivar o Kefir dê preferência a jarras e recipientes de vidro, sempre bem limpos, porque eles não interferem no desenvolvimento do Kefir. Recipientes de plástico podem ser propensos a contaminação.

Para limpar bem os vidros onde você vai deixar o Kefir fermentando, lave com água e passe água fervente.
 - Observe sempre o prazo de validade do açúcar , evitando assim que ele fique velho e/ou contaminado com fungos, use marcas confiáveis e guarde sempre o excedente do açúcar mascavo na geladeira.
 - A proporção de grãos X açúcar mascavo não é rígida, pode variar sem problema algum. Esta é apenas uma sugestão.
 - Nunca aqueça os grãos de Kefir. Isso vai matá-los!
- Conforme o seu Kefir for aumentando, guarde uma porção no congelador de backup (“mudas de segurança”) para o caso dos teus grãos morrerem. Faça doses de 1 col. de sopa cheia de grãos e congele. Doe o excedente!
- PARA DESCONGELAR: Retire do freezer e deixe em temperatura ambiente até degelar. Faça como de costume, porém a primeira fermentação deves colocar fora e a partir daí, fazer normalmente. - O ideal é que a fermentação ocorra em temperatura ambiente e a evolução é melhor em temperaturas em torno de 22ºC a 30ºC. Assim, o processo de fermentação e o tempo vai variar de acordo com a temperatura e ambiente, em dias mais frios a fermentação será mais lenta, em dias mais quentes mais rápida.
- Quando precisar viajar, coloque-os na geladeira em um recipiente tampado que ele se manterá vivo. Depois é só coar (descartar o líquido) e voltar ao processo normal.. Desta forma se reproduzem mais lentamente, pois entram no “modo hibernação”. Importante ressaltar que pode demorar alguns dias até eles voltarem completamente a ativa. Se o tempo se prolongar, podes CONGELAR. Para isso, coe-os, coloque-os num saquinho de plástico, e leve-os ao freezer. Duram por 3 meses (teve gente que deixou 1 ano e os grãos voltaram a se reproduzir normalmente).

 Por hoje é isso! Até a próxima!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...