Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pizza Vegana com Massa de Feijão e "Molho" de Abóbora!!!










Continuando a "Saga" (que eu acho que veio definitivamente para "ACRESCENTAR" saúde aos nossos hábitos alimentares - e mudá-los, sim...para melhor!) hoje trago uma pizza vegana - que foi a NOSSA JANTA...minha, do meu marido e do meu filho adolescente, que disse estar uma delícia -criada e ensinada pela minha instrutora MARA Alana e feita com massa de grão de bico e farinhas sem glúten e "molho" de abóbora com "queijelim" ("queijo" de gergelim). De-lí-ci-a!!!! Ah...levei mais ou menos 1 hora para fazer...é fácil, porém tem que assar a abóbora...daí demora um pouquinho!
Transcrevo a receita tal como ela a elaborou. As fotos, são minhas! Bon appétit!!!

OBS: LEIA A RECEITA ANTES DE COMEÇAR O PREPARO, pois ela requer ingredientes e preparos antecipados.

"O vegetariano precisa comer leguminosas uma vez por dia. Então a massa é de feijão! 

Deixar o feijão - neste caso, carioca - de molho por 24 horas , trocando a água na metade do tempo. Por quê? Para eliminar um pouquinho do ácido fítico anti-nutriente que é o que às vezes pode gerar mal estar, gases, cólica. E ele também bloqueia a absorção de alguns nutrientes. Mas os fitatos também fazem bem, pois são antioxidantes e anti-câncer. Apenas precisamos eliminar um pouquinho deles para conseguirmos nos nutrir e não ter desconforto.). Cozinhá-lo na pressão por 20 minutos após começar a apitar. 

Agora vamos à massa:

Massa: 2cs feijão cozido bem cheias + 1cs farinha linhaça bem cheia + 1cs polvilho doce + 2cs farinha de arroz + 2cs azeite + 2cs água + 1cc bicarbonato + 1cc vinagre maçã + sal do himalaia. Amasse bem o feijão até virar um purê e adicione os outros ingredientes até virar uma massa firme e consistente, sem grudar na mãos. Molde ela na forma. Não faz mal se não tiver forma redonda, pode ser quadrada ou do formato que quiser. Deixe em forno pré-aquecido por 10 minutos e depois cubra com o molho e a cobertura que quiser e volte para o forno por mais 10 min. 

ESTE molho é de abóbora japonesa. Assei a abóbora por 40 minutos. Bati no liquidificador 1 xic. dela sem a casca) com bastante orégano (tipo 1 col. de sopa), sal do himalaia a gosto+ pimenta do reino + 1 Cc alho em pó (opcional). Ficou sensacional. Cobri a pizza, joguei mais do divo orégano e o queijelim (veja abaixo a receita). 

*Queijelim:
Para fazê-lo, antes você terá que preparar o leite de gergelim: deixe 50 g de gergelim descascado de molho por 4 horas pelo menos, jogue a água fora e bata por 2 minutos no liquidificador com 250 ml de água. 
Gergelim é um dos alimentos que mais contém cálcio (e magnésio que vai ajudá-lo a ser absorvido) na natureza. Coe o leite. Com o resíduo faça o queijelim: adicione ao resíduo cebolinha, salsinha, 1 ou 2 cs azeite, orégano e sal do himalaia - prove e deixe do teu gosto."

*Legenda: cs=colher sopa cc =colher chá Cc=colher café. ‪#‎theveggievoice

Por hoje é só, amigos! Até a próxima!
Um beijo...e um queijo!

Leite de Gergelim


Volto com a receita de outro leite vegetal maravilhoso - o leite de Gergelim. Possui muitos benefícios para o organismo em geral. Para falar dele postei aqui partes do texto de dois sites que gostei, indicando os mesmos e dando os links. Porque estes textos não são meus e DEVO citar os donos! Tenho pavor de plágio!!!!

"Gergelim é um dos alimentos que mais contém cálcio (e magnésio que vai ajudá-lo a ser absorvido) na natureza. " - The Veggie Voice

"O gergelim é ótimo para os músculos e o cérebro. Tem muita proteína e ácido fólico, essencial na formação das células sanguíneas". - Cantinho Vegetariano

"A melhor forma de consumir a semente é na forma integral; crua e com casca.
O gergelim umedece e lubrifica os intestinos em função da presença de ácido linol presente na casca de gergelim, aumentando o peristaltismo intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativando a circulação sanguínea na parede intestinal. Também evita e trata a prisão de ventre e hemorroidas.
É uma excelente fonte de proteínas, rico em gorduras do bem (monoinsaturadas) e com grande concentração de fibras. É indicado no controle da glicemia sanguínea (açúcar no sangue). Além disso, o gergelim apresenta grande quantidade de cálcio - contendo até 9 vezes mais cálcio que o leite, ajudando na reposição do mineral no organismo. Apresenta também alto teor de fósforo e ferro e é rico em vitaminas do complexo B.
Alguns benefícios:
Fortalece os tendões e ossos - devido ao cálcio;
Tonifica o fígado e os rins;
Tônico geral, principalmente após hemorragias;
Combate dores lombares e de joelhos, reumatismo;
Evita a queda e o branqueamento precoce dos cabelos;
Melhora a elasticidade da pele e desenvolve forte poder antioxidante nas células.
Ele tem o poder de aumentar a saciedade, pois apresenta uma casca rica em fibras, que leva mais tempo para ser quebrado e digerido pelo organismo, assim acaba estendendo o período de “sentir fome”. Além das proteínas que estão presentes na semente, onde também auxiliam neste processo e ainda previnem a flacidez". Texto ADAPTADO de A Nutricionista.Com

Receita da Alana - DAQUI.
Para fazer o leite, você vai precisar de:

50 gr. de gergelim 
água para o molho
+ 250 ml de água para o leite

Deixe o gergelim de molho por 4 horas pelo menos, jogue a água fora e bata por 2 minutos no liquidificador com os 250 ml de água. Coe o leite em uma peneira com a trama bem fininha ou com um tecido (Voil ou Algodão de fralda). Guarde na geladeira dentro de uma garrafa - ou pote. Guarde o resíduo espremido, pois com ele, faremos o QUEIJELIM - a próxima receita a ser postada!


Por hoje era isso, amigos!
Um beijo...e um queijo!

Leite de Coco





Oi, gente! Hoje trago a receita do leite de coco natural. Uma possível substituição à quem não não pode consumir ou não gosta de leite de vaca - ou não quer!
Outra receita da querida Alana, do @theveggievoice (instagram) ou The Veggie Voice (facebook), a qual já tive o enorme prazer de fazer um workshop e pretendo fazer outros! Esta mulher é incrível como pessoa e na sua forma de conceber o mundo e a vida! Ela é vegana "de nascença". Eu não vou me tornar vegana...mas aprendi e aprendo muito com ela (e com outras pessoas, que seguidamente cito aqui) sobre saúde e qualidade de vida! Amo muito!

Você vai precisar de:

200gr de coco ralado sem açúcar (eu comprei o natural, ralado e congelado)
600ml de água fervendo



Faz Assim:

Adiciona a água fervendo ao coco e bate por 2 minutos (se o coco for seco, coloca a água fervendo e deixa descansar por 3 horas e depois bate por 2 min.) Coa com um pano limpo ou em um coador de trama beeeemmm fina. Guarda na geladeira. Consuma no lugar do leite.
E o que faz com o resto? Lixo? Nã nã nã...
Coloca numa panela ou frigideira e deixa secar. Vira farinha de coco. Ou, coloca numa forma e leva secar no forno aquecido.


Por hoje era isso, amigos! Bom final de semana!
Um beijo...e um queijo!

Trouxinhas de Espinafre com Ricota









Oi, amigos! Quando vi as fotos das "Esfihas" de escarola com tofu, quase tive um treco!!!! Eu as vi - com a receita - no IG da @veganize-se, no instagram. Mas do modo que ela colocou lá DEU ERRADO - A MASSA FICOU UMA PEDRA...eu fiz como ele descreveu a receita...e depois, assistindo ao vídeo, notei que ela ESQUECEU DE COLOCAR O AZEITE, na receita!!!! Bem...no final ficou dura, mas ficou deliciosa! Já estou passando à você a receita arrumada, ok? Faça...fica uma delícia!!!

Você vai precisar de:

1 tablete de fermento biológico para pães (15 g) OU 1 1/2 col. de sopa de fermento biológico seco
1/2 xíc. de água morna
1/2 xíc. de azeite de Oliva
1 1/2 xíc. de farinha de arroz 

1 1/2 xíc. de farinha de grão de bico
sal q.b (usei sal do Himalaia - muito rico em sais minerais)

(+ água SE PRECISAR...se a massa ficar seca, coloque aos pouquinhos)

Faça assim:

Misture e mexa tudo em um bowl e amasse com a mão. Faça uma bola e deixe descansar por uns 30 minutos. 
Enquanto isso, faça o recheio: são mil opções (a original era de escarola com alho-poró refogados e tofu)... fiz a minha de espinafre e ricota. Lave e pique o espinafre. Refogue meia cebola bem picada e um dente de alho eu uma col. de sopa de azeite de oliva. Quando estiver transparente a cebola, adicione o espinafre. Tempere com sal e pimenta do reino. Refogue até o espinafre ficar macio. Retire. Esmague 1/2 ricota. Misture ao espinafre. 

Abra a massa com um rolo. Corte do tamanho que achar melhor e recheie no formato que quiser e deixe mais 15 minutos descansando. Com forno preaquecido a temperatura média (180ºC), asse por uns 20 minutos, ou até dourar olhando de tempos em tempos porque o tempo pode variar, dependendo do forno. 

OBS 1: a massa sem glúten é mais difícil de manusear e não cresce muito, mas não perde em nada no sabor. Se você não tem problema com glúten, pode usar a farinha de trigo branca ou metade integral e metade branca.

OBS 2: Dê uma chance ao tofu (no lugar da ricota) OU AINDA outra opção que substituiria o tofu seria a ricota de leite de amêndoas.

Por hoje era isso, amigos! Até a próxima!
Um beijo...e um queijo!

Bolinhos Vegetarianos de Arroz (de forno) - sem glúten e sem lactose








Ando toda animada...fazendo mil experiências na cozinha! Umas dão certo...outras, nem tanto...mas é assim que se aprende não é? Ainda mais com ingredientes novos e que nunca fizeram parte do meu dia a dia! Levanta a mão quem aí usa no dia a dia "farinha de babata doce"? Ou "tahine"? Eu não!!!  Então... hoje eu estava querendo dar fim em um pouquinho de arroz integral que eu tinha na geladeira...mas não queria fazer um comum...queria incrementar! E consegui! Ele ficou tãããããããoooooo gostoso..mas tão gostoso que sumiu em questão de minutos! Os filhos lamberam os beiços! Que fazer? Vem que eu te ensino!!! Só para constar...esta receita saiu na hora, ok?!

Você vai precisar de:

1 1/2 xíc. de arroz integral cozido
1 col. de sopa cheia de tahine
1 punhado de repolho roxo picado
2 talos de cebolinha verde picada
1 punhado de salsinha picada
1 col. de sopa rasa de farinha de linhaça
1 col. de sopa de farinha de batata doce
1 dente de alho grande picado
1 ovo grande
3 col. de sopa de azeite
2 col. de sopa (+/-) de farinha de arroz
1 col. de café de fermento em pó (para bolos)
+/- 30 ml de água para dar liga ( vá colocando devagarinho e vendo o ponto)

Faça Assim:

Pré-aqueça o forno a 180ºC e unte uma forma com óleo. Reserve.
Misture tudo em um bowl. Pegue duas colheres de sopa. Com uma você pega a quantidade que vai querer para o bolinho e com a outra o ajeita e ajuda a raspar o bolinho para a forma. Faça assim com todos. Leve ao forno assando até dourar! 

Divirta-se! Ah...não negue aos seus filhos o direito de experimentar! Não vá já pensando: "eu nem vou oferecer, porque eles não vao querer". Ofereça...diga que é bolinho de arroz! Eles gostarão! Te garanto!

Por hoje é só, gente!
Até a próxima! Um beijo...e um queijo!

Sovando Pães


Oi, queridos! Muita gente me pergunta como se sova pães! Então fiz este vídeo para lhes mostrar! Foi o primeiro de muitos...então não repare se ficou mais ou menos, ok? 

Por hoje é isso! Um beijo...e um queijo!

Tostex Marguerita





Seguindo a linha natureba, trouxe este lanche delicioso, feito pela Paula Martins da página "Viver Sem Trigo" do FB, que é uma expert em Tostex. Ela as come de café da manhã, pois é intolerante ao glúten, e faz muitas receitas entre pães e bolos deliciosas e sem glúten! Vale a pena segui-la pessoal!
Para variar, dei uma adaptada na receita, porque não sei nem onde comprar farinha de painço.

É uma receitinha fácil, rapidíssima e tri boa porque a quantidade de ingredientes é bem pequena!!! Como ela usou a farinha de amêndoas, não precisou usar óleo e nem água. E como diz, a consistência fica top (tipo massinha de panqueca), PORÉM precisa ser feita naquela frigideira de ovo bem pequena, se não o pão vai ficar fino demais. Olha só...mesmo com a farinha de trigo sarraceno que é grossa, granulosa, ficou showwwwww... as crianças amaram!!!!!! Bem...elas já estão acostumadas com o gosto do integral, também...então fica mais fácil!


Receita para 1 porção:

Você vai precisar de:

1 ovo bem batido 
1 col sopa de farinha de painço (pode ser grão-de-bico, amaranto, feijão branco, ou qualquer farinha que tenha em casa - EU USEI DE TRIGO SARRACENO)
1 col sopa cheia de farinha de amêndoas (ou de qualquer oleaginosa, ou para alérgicos, fécula de batata ou polvilho doce)
Sal a gosto
1 col café rasa de fermento para bolo


Faça Assim:
Num bowl, misture tudo à mão mesmo. Frigideira untada, coloque metade da massa, o recheio, e cobre com a outra metade da massa. Fogo baixinho, pode tampar (melhor), deixa firmar e vira.

O meu recheio:
Muçarela de búfala esfarelada/tomates em rodelas/manjericão.

Por hoje é só, amigos! Até a próxima!
Um beijo...e um queijo!