segunda-feira, 16 de março de 2015

Pão de Cascas de Tomates - Nada se descarta, tudo se congela...















Um queijinho cottage em cima com um pouquinho e orégano e está feita a refeição!!! Pão quentinho, cascudo e crocante! Delícia! Nhammmmm!


Como diz a Ana Elisa, casca de tomate não se descarta: se congela. Assim como outras cascas também! E como quase tudo que há dentro de casa!!!!

Desde sempre ouço a minha mãe dizer que não se desperdiça comida, que é pecado jogar comida fora, blá, blá, blá...E eu acredito nisso e concordo! Deixando de lado aspectos religiosos, é um pecado mesmo jogar comida fora...senão pela gente, pelos milhões de pessoas neste mundão, que vivem em absoluta miséria e desnutrição; os animais abandonados que estão pelas ruas...enfim...não te dá uma DOR na consciência? Em mim com certeza dá...e muita! E tento ensinar aos meus filhos o que eu penso ser o certo! Custa ensinar? Custa...mas faz parte da nossa tarefa neste mundo!!!! Faz toda a diferença!!! Passar adiante o que sabemos aos filhos, amigos e até inimigos, enfim...a todos os que tivermos contato! Conhecimento nunca é demais!!!!

Aqui em casa, o que não é congelado vira imediatamente outra comida! Por exemplo, o pão amanhecido é torrado e vira farinha de rosca; carne de ontem vira o risoto de hoje, o feijão que sobrou transforma-se em um delicioso revirado...e por aí, vai!

Congelo frutas sem as sementes, feijão, arroz, carnes, temperos, comida pronta, pães, legumes, cascas, talos...O QUE NÃO PODE é RE-CONGELAR algo. Aí tudo o que é bom neste alimento já se perde. A REGRA É: DESCONGELOU NÃO VOLTA MAIS PARA O FREEZER. Então te dou uma dica: congele porções pequenas! Use e abuse do teu freezer. Lance mão de potes, plásticos, vidros e utensílios em inox (próprios para congelamento). Não congele em alumínio. Faz mal para a tua saúde.

Deixo para ti um com UMA REPORTAGEM  sobre congelamento muito bacana, que saiu no caderno PALADAR, do blog do Estadão; E OUTRA sobre COMO CONGELAR, muito bacana.

Para fazer este pão, você vai precisar de:

2 xíc. de chá de casca de tomates batidas com 320 ml de água morna 
600 g de farinha de trigo 
1 col. de chá de sal 
1 pitada de açúcar
3 col. de chá de fermento ativo seco  
2 col. (sopa) de azeite de oliva extra virgem
.
Misture tudo numa "bacia" ou tigela. Mexa. Depois, vá adicionando MAIS farinha - aos poucos, de meia em meia xícara até ficar no ponto de desgrudar das mãos (para mim foram necessárias mais 2 xíc. de chá). Sove dentro da bacia mesmo por uns 5 minutos. Faça uma bola e coloque de volta na bacia. Cubra com plástico filme e leve a um lugar onde ele possa fermentar, tipo o forno de microondas. Deixe lá por 1 hora. Retire, transfira a massa para uma superfície, espalhe um pouco de farinha nesta superfície, para a massa não grudar e sove mais 5 minutos. Divida a massa em 2 partes. Modele os pães, coloque na fôrma definitiva e leve ao forno DESLIGADO, para crescer por mais 45 minutos. Ao final do tempo, borrife todo o forno com água ( isso vai fazer com que o pão fique com aquela casca dura, sabe?). Ligue o forno a 200ºC. Asse os pães por 40 minutos ou até que estejam na cor desejada.

Espero que tenham gostado!
Por hoje é só, amigos!
Um beijo e um queijo!

Um comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...