Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Abóbora Assada - deliciosa, saudável e crianças resistentes!





Oi, amigos! Por aqui, seguimos firmes nesta vibe mais saudável...embora as crianças torçam o nariz para várias coisas, o meu discurso é:

- "Aqui em casa é assim"! 
- Ah...mas na minha amiga tem "tal coisa"... ele leva no lanche isso, aquilo, ...
- Bem...a tua amiga não é  minha filha!!!!
(E às vezes o lanche volta inteirinho porque ela comeu o lanche da amiga!!! Tudo bem, né? Fazer o quê??? Vai que eu repreendo e a filhota joga todo o lanche fora e mente que comeu??? Deus me livre!!!!)

Não...não vá pensar que eu sou xiita!!!! Aqui em casa também rola bolacha recheada...muito de vez em quando, mas rola sim! Refrigerante não compro mesmo! Salgadinhos também não!

Nesta casa tem legumes assados e refogados, arroz integral ( de vez em quando tem parabolizado, para a alegria das crianças!), feijão de todo o tipo, lentilha, saladas variadas, grãos, pães caseiros, bolos, vitaminas de frutas, iogurtes caseiros, leite, sucos naturais, biscoitos integrais e sem recheio - ou caseiros, geleias naturais feitas em casa, sabão caseiro (reaproveitando o azeite), salada de frutas,  doces esporadicamente, chocolate 70 a 85% de cacau, cacau em pó, TUDO ORGÂNICO de preferência. Frequento a feira ecológica 1 x/semana e o que não encontro, compro no mercado ou pela internet. Consumimos quase tudo orgânico: arroz, açúcar, farinha integral e branca, farinha de milho, aveia, quinua, café, cacau, frutas, verduras e legumes. Os ovos e frango só compro os que vieram de GALINHAS FELIZES! Sabe o que são galinhas felizes? São aquelas criadas livres, leves e soltas! Que ciscam o dia inteiro, que são mortas de uma forma que não lhes cause estresse nem sofrimento e também não em larga escala...não aquelas criadas em um espaço do tamanho de uma folha A4, que tês seus bicos cortados para não ferirem umas às outras, com rações cheias de hormônios e obrigadas a colocarem ovos sem parar e depois de um tempo são abatidas penduradas de cabeça para baixo em uma esteira e as que não morrem, são jogadas vivas na água pelando para soltar as penas!!!!IMAGINA A ENERGIA QUE ESSE BICHO PASSA PARA QUEM O COME!!!! A DOSE DE ESTRESSE QUE AS COITADAS PASSAM!!!! 
A carne de gado, a de porco ainda não encontro orgânica! E o meu objetivo é diminuí-la ao máximo e talvez até abolir do cardápio!

Então? Acho que não é uma casa "tira-tesão" de comer, não é? Está cheio de coisas deliciosas por aqui! Mas as crianças querem O QUE NÃO TEM E QUE OS OUTROS TÊM!!! Que dureza, minha gente!!!! Mas vamos levando na base da insistência e do "não oferecimento"!!! Mas quando vão à escola ou na casa dos amigos não tem como controlar, não! Aí, pode né? Senão "as mãe pira"! ahahahahahahah.

Deixo com vocês hoje esta (nem é uma receita) dica de consumo da abóbora de forma deliciosa e crocante! Anota aí!

Você vai precisar de:

abóbora cabotiá cortada em cubos grandes
azeite de oliva extra-virgem
alecrim fresco a gosto
sal e pimenta do reito q.b

Faça Assim:

Ligue o forno a 180ºC. 
Disponha os pedaços de abóbora na forma, espalhando-os. Coloque o sal por cima e a pimenta do reino MOÍDA NA HORA. Distribua as folhinhas de alecrim e regue com o azeite de oliva. Leve assar por 50 minutos.


Por hoje é isso! Até a próxima!
Um beijo...e um queijo!

Pão Integral de Linhaça e Amaranto










Oi, querido leitor!!!! Tudo bem por aí? Por aqui, o negócio é o "siguinti": refrescou, saiu pão aqui em casa...simples assim! Tem coisa mais delícia do que sentir aquele aroma característico de pão assando em casa? Todos os ambientes ficam perfumados, as pessoas começam a se alvoroçar em volta da cozinha, esperando pelo seu "naco" de pão quentinho! Então, colocam por cima da fatia fumegante e cheirosa um pouco de manteiga salgadinha e ela se derrete, fazendo com que este pedaço de gostosura fique terrivelmente irresistível!!!!! Quem resiste?! Eu que não!!!!
Ok...ok...com esta minha descrição eu te deixei babando, não é? Confessa aí!!!! Então, vai rápido para a cozinha e...mãos à obra! Faça-o...ele é fácil de fazer e rápido (até) de ficar pronto! Planeje-se...eu comecei às 16:30 horas e tirei do forno às 19 horas isto é...na hora da janta!

Faz três pães. Você vai precisar de:

1 xic. de chá de leite morno
1 xíc. de chá de água morna
3 ovos
3 col. de sopa de manteiga em temperatura ambiente
1/2 xíc. de chá de óleo (usei o de girassol)
2 col. de sopa de açúcar
1 col. de chá de sal
1/2 xíc. de chá de amaranto em flocos
1/2 xíc. de chá de farinha de linhaça
1 pacotinho (10 gr.) de fermento biológico granulado (seco)
500 gr. de farinha de trigo (+/-)
500 gr, de farinha de trigo integral (+/-)


Faça assim:

Numa tigela grande (usei uma bacia média de inox), coloque  o leite, a água, os ovos, a manteiga, o óleo, o açúcar, o sal, o amaranto e a linhaça. Misture bem com uma colher. Adicione o fermento, a farinha de trigo ( vá colocando de xícara em xícara - 1 de branca e 1 de integral)  e vá mexendo até dar o o ponto de sovar com as mãos. Sove uns 5 minutos. Faça uma bola, coloque a massa de volta na tigela. Cubra com plástico filme e leve a um lugar aquecido, sem correnteza de ar - tipo o forno de microondas por 1 hora. 
Unte as formas de pão com óleo. 
Retire a massa da tigela. Divida-a em 3 partes. Amasse cada uma delas por uns 3 minutos cada, molde os pães e coloque nas formas. Leve para dentro do forno do fogão SEM LIGÁ-LO. Deixe lá descansando por mais 30 minutos. 
Pegue um borrifador de água e borrife os pães e o forno. Ligue o forno a 190ºC e asse os pães por +/- 35 minutos ou até dourarem. Bom proveito!

* +/- = mais ou menos

Por hoje é isso! 
Até a próxima! Um beijo...e um queijo!

Bolo de Coco Delicioso - e uma nova integrante da família!








MIA (foto tirada pelo Ronald - esposo da veterinária)

MIA (foto tirada pelo Ronald - esposo da veterinária)

Oi, gente! Tudo bem por aí? E eu, voltando aos poucos das férias! Férias diferentes...passadas em casa, para variar! Nos últimos dez anos, fui a Florianópolis passar o Natal com a minha família! Porém, em 2014 resolvi fazer diferente: passar as festas em casa! Coisa boa!!!! Estava cansada daquela muvuca que vira Floripa nas férias...é fila para supermercados, farmácias, sorvetes, lojas, shoppings...se bobear, até para a praia! Sem falar no congestionamento monstro para ir às praias...um horror! Neste ano vou visitá-los na "contramão" dos outros! Quando estiverem voltando, daí sim, irei! Também houve um fato inédito por aqui: adotei uma gatinha!  E isso requeria ficar em casa no período de adaptação dela (e minha!kkkk). Sempre, toda a vida tive cães...porém gatos, nunca! E a filhota pediu uma gatinha linda que estava na veterinária para adoção. Resultado: estamos de pet novo! E ó...tudo o que diziam é verdade: puro amor!!!! Um docinho, uma paixão mesmo a nossa MIA!
Para começar as postagens "mais frequentes", trago um bolo simples, porém não menos delícia...de coco! Bem verão, bem lanche, bem gostoso!

Você vai precisar de:

1 garrafinha de 250 ml de leite de coco
3 ovos
3/4 de xíc. de chá de óleo (usei de girassol)
1 xíc. de chá de açúcar
50 gr. de coco ralado
100 ml de água de coco
2 xíc. de chá de farinha de trigo
1 col. de sopa cheia de fermento
1 pitada de sal

Faça assim:

Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe a forma que fores usar. Reserve.
No liquidificador, coloque o leite de coco, os ovos, o óleo, o açúcar, o coco ralado e a água de coco. Bata até ficar homogêneo e desmanchar o coco.

Num bowl, peneire a farinha de trigo, o sal e o fermento. Misture na farinha a massa do liquidificados. Mexa bem para misturar. Coloque na forma e leve ao forno para assar por 35-40 minutos. Retire e deixe esfriar antes de desenformar. 
Bom proveito!


Por hoje é só, amigos!
Um beijo...e um queijo!