terça-feira, 2 de setembro de 2014

Quibe delicioso de peixe e a resistência à mudança de hábitos!












Impressionante o que faz a teimosia e a resistência ao desconhecido!!!! Neste sentido, eu também sou muito resistente...prefiro ficar na zona de conforto...aquela que já conheço e que me garanto!!!! Mas tenho me proposto a tentar...é difícil eu sei...e como!!! 

Assim é com meus filhos com relação à comida! Um prato diferente, onde não conseguem reconhecer de cara o seu conteúdo é motivo para um "eu não vou comer isso daí" imediato! Minha filha olhava eu fazer de cara feia, e já dizia que não gostava...que não ia comer! Porém, tinha que experimentar...então...experimentou! E deixou no prato!!!  O meu filho, chegou da escola e o quibe estava pronto. Olhou. Perguntou o que era. Serviu um pedacinho. Comeu. Achou mais ou menos! 

Eu, comi...comi...comi!!!! O marido também! Adoramos! Vou experimentar fazer de outros sabores como de abóbora, soja, quinoa, abobrinha, a primavera, de carne com queijo cremoso, de berinjela e ricota...e vamos indo...experimentando e trazendo mais saúde à nossa vida!!! Quem sabe as crianças provem e acabem gostando de algum??? Faça você também e me dê seu veredito!!! Receita adaptada DAQUI.

Você vai precisar de:


500g de pescada limpa
½ xícara (chá) de coentro (usei salsinha)
3 colheres (sopa) de azeite
1 xícara (chá) de trigo fino
½ xícara (chá) de água
Raspas de 1 laranja pequena
Raspas de 1 limão
½ xícara (chá) de nozes picadas (usei castanha de cajú)
Sal e pimenta-síria (a gosto)
2 cebolas (usei 1 só)
1 pitada de açúcar
5 colheres (sopa) de azeite
Gomos de limão para acompanhar (não usei)


Faça assim:


Na noite anterior, lave o trigo e deixe de molho. Antes de começar a receita, lave-o de novo, forre um bowl com um pano de prato limpo, vire o trigo dentro, e esprema bem, torcendo o pano de prato como se fosse uma trouxinha. Transfira o trigo para uma tigela. Reserve.


Preaqueça o forno a 180ºC. No processador de alimentos, bata os filés de peixe com o coentro. Se não quiser usar o processador, pique bem com uma faca. Reserve. Numa tábua, corte a cebola em metades, no sentido do comprimento, e depois em fatias bem finas, para formar meias–luas. Leve uma frigideira antiaderente média ao fogo baixo. Regue com 1 colher (sopa) de azeite. Junte a cebola e tempere com uma pitada de sal e outra de açúcar. Deixe cozinhar por 15 minutos, mexendo de vez em quando, até caramelizar a cebola.


Junte o peixe, a água, as raspas de limão e laranja, a metade das nozes (no meu caso, as castanhas) e a cebola dourada. Tempere com sal e pimenta-síria. Misture bem. Unte uma forma refratária com 1 colher (sopa) de azeite. Cubra o fundo da forma com a massa do quibe, aperte e alise a superfície com a mão molhada. Com uma faquinha, risque o quibe desenhando losangos. Distribua a outra metade das nozes. Regue a massa com 3 colheres (sopa) de azeite. Leve ao forno preaquecido e deixe assar por 30 minutos. Sirva o quibe frio ou quente, acompanhado da salada de sua preferência.


Por hoje é só, amigos! Até!
Um beijo...e um queijo!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...