Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Torta de Bis









Hello!!!!!!!!!!!!! Depois de quase enfartar no jogo do Brasil pelas oitavas de final - onde a decisão foi para os pênaltis, abri a geladeira e "mandei ver" numa cumbuquinha cheia deste doce que eu havia feito para a janta de sexta feira! Ele é tudo de bom, doce na medida, com um acentuado gosto de chocolate, porque usei CACAU ao invés de achocolatado como a receita original sugeria. Também não fiz o chantily como última camada. Achei que simples assim estava ótimo...e realmente ficou! 

OBS: a receita dá um refratário tamanho grande. Então se quiser menos, faça somente a metade.

Para quem quiser a receita...ei-la!

Você vai precisar de:

2 litros de leite
2 latas de leite condensado
6 colheres de sopa de amido de milho BEM CHEIAS
3 colheres de sopa de CACAU em pó (eu usei o da Garoto)
3 caixas de BIS PICADO

Faça Assim:


Leve ao fogo 1 litro de leite, 1 lata de leite condensado e 3 colheres de amido de milho. Mexa sem parar até atingir ponto de creme. Quando isso acontecer, deixe esfriar. Leve ao fogo o restante do leite, do leite condensado e do amido de milho com o cacau. Mexa sem parar até atingir ponto de mingau. Reserve. Deixe esfriar.
Em uma travessa coloque o creme branco, a seguir, espalhe a metade dos bis picados e em seguida, o creme de chocolate. Espalhe o resto dos bis por cima, cubra com plástico filme e leve gelar.

Enjoy!!!!! 

Por hoje é só, amigos! Tenham todos uma ótima semana!
Um beijo...e um queijo!

Quiche de Tomates secos, Rúcula e Queijo Minas e um toque às mães!












Delícia!!!!! Recebemos a visita de amigos queridos de longa data ontem para a janta e servi Pão de Azeitonas  que eu já publiquei AQUI, uma quiche deliciosa que deixo aqui a receita hoje, e uma sobremesa facílima e de efeito, que publicarei no próximo post! Para acompanhar, um bom vinho tinto e uma conversa maravilhosa! Jeito maravilhoso de encerrar uma semana estressante, chuvosa e úmida! 

A minha Bebella colocou a mão na massa junto e passamos a tarde na cozinha! Ela disse: "Mãe...hoje eu prometo que não vou esculhambar...porque é sério, né mãe!!!! Vamos receber visitas!!!!" E adicionou os ingredientes, mexeu massa, cheirou, abriu as embalagens de leite condensado - lambeu também! Abriu ovos, mexeu os cremes da sobremesa, abriu a massa da quiche com o rolo - e depois brincou de massinha de modelar com a sobra...só não picou nenhum ingrediente porque ainda é perigoso para ela! 

Acho muito importante o envolvimento da criança neste processo todo...isso ajuda a criar o gosto pela cozinha, além de desmistificar ingredientes, aguçando a curiosidade facilitando assim, a "prova" de alimentos novos. Para crianças que se recusam a comer coisas novas, isso é uma ótima atividade! Também estimula sua independência! A criança não vai mais precisar dos pais para se virar na cozinha! Sentiu fome...vai lá e faz a sua torrada, o seu ovo, o seu suco, pega a comida do refrigerador e esquenta no microondas...e por aí vai! 

Vejo crianças grandes (9 - 10 anos) que sentam na mesa ( ou pior, no sofá) e esperam (ás vezes exigindo, chamando, gritando) que a mãe as sirva, corte a sua carne, mexa o seu suco, abra a sua banana, passe a manteiga no seu pão...isto é ter um reizinho dentro de casa, e não uma criança auto suficiente! É ter uma criança acostumada desde cedo a mandar e ser obedecida! Isso falando só desta parte...e todas as outras que muitos pais "ajudam, servem, reverenciam, justificam seus filhos, tomam as doores deles mesmo eles estando errados...

Isso ajuda em nada seu futuro da criança...ao contrário, estas atitudes vão possibilitar a ela darem muitas cabeçadas e levarem muito tranco DO MUNDO...porque estem queridos, não quer saber daquele reizinho criado com mimos...o mundo vai passar por cima do seu filho como um tratos...sem dó nem piedade! "Quer que eu te traga a comida? Vai esperando, não estou aqui para te servir"!

Bem...mas o meu negócio não é ser chata, ditar normas a ninguém...mas, uso este blog sim não só para a culinária. Como ele é para mim, um meio de comunicação, uso-o também para dar uns toques que eu acho legais para as pessoas1 Então, amigo...ACEITE SE QUISER...se não, tudo bem...foi somente um toque! Não quero dizer com isso que EU ESTEJA CERTA...mas com certeza penso, não estou errada! Como EDUCADORA DE VOCAÇÃO, DE PROFISSÃO, E DE CORAÇÃO...meu dever é e sempre será este!


Receita ADAPTADA daqui:


Para a massa, você vai precisar de:

2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
150g de manteiga bem gelada
5 colheres (sopa) de água gelada 
1 colher (chá) de sal

Faça Assim:

Corte a manteiga em cubinhos de cerca de 1cm e coloque numa tigela com a farinha e o sal. Misture com as mãos, rapidamente, sem desmanchar completamente a manteiga. Adicione a água gelada e misture apenas até conseguir formar uma bola. Evite trabalhar demais a massa, pois ela acaba ficando menos crocante. O segredo é deixar pontinhos de manteiga aparentes, sem serem incorporados à farinha. Embrulhe a bola de massa em filme ou coloque num saco plástico e leve à geladeira por 2  horas. 
Retire a massa da geladeira e do filme. Se estiver muito dura, amoleça-a um pouco  com o calor das mãos. Numa superfície enfarinhada, abra a massa com um rolo. Ela deve ficar maior que a forma para cobrir o fundo e as laterais. Enrole a massa no rolo e desenrole sobre a forma. Com as mãos, modele a massa na forma. Para que a massa não fique rachada, é importante apertar os cantos para formar uma base sólida. Retire o excesso de massa com uma faquinha ou passando o rolo sobre a forma. 
Leve a forma com a massa à geladeira por mais 10 minutos.  Enquanto isso,  pré aqueça o forno a 200ºC, ou em temperatura média-alta. Coloque uma folha de papel manteiga sobre a torta e coloque feijões crus sobre o papel. O objetivo é formar um peso que não deixe o fundo da massa inflar e quebrar ao assar. Leve para assar por aproximadamente 20 minutos, até que a massa esteja dourada. Transfira a assadeira para a bancada de trabalho, retire os feijões e o papel e reserve a massa. Caso queira fazer a quiche em outra hora, a massa pode ser armazenada na geladeira; ela dura até 3 dias. 

Para o recheio, você vai precisar de:


500g de queijo de minas (frescal)
2 colheres (sopa) de manteiga derretida
5 ovos
1 ½ xícara (chá) de leite integral
1 punhado de rúcula lavada e cortada em pedaços
80 gr. de tomates secos cortados (usei o tomate seco em conserva de azeite)
1 pitada generosa de noz-moscada ralada na hora (uma pitada são o polegar, o indicador e o dedo médio juntos)
1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora 
1 colher (café) de sal 

1 col. de sopa de queijo parmesão ralado na hora.

Faça Assim:

Se estiver fazendo o recheio enquanto a massa está pré assando, depois de tirá-la do forno, reduza a temperatura para 180ºC, em temperatura média. Caso contrário, pré aqueça o forno. Amasse o queijo minas com um garfo (eu usei o triturador) numa tigela.  Adicione os ovos. Junte o leite, a manteiga derretida (pode ser no micro-ondas), o tomate seco. a rúcula e mexa até a mistura ficar homogênea. Tempere com noz-moscada, pimenta-do-reino e sal. Fique atento à quantidade de sal, pois varia de acordo com o queijo: se ele for salgadinho, 1 colher (café) de sal é suficiente. Se ele for sem sal, pode acrescentar um pouquinho mais.

Preencha a massa com a mistura: não se preocupe porque fica bem líquida. Por último, polvilhe com a colher (sopa) de parmesão. Leve a torta ao forno para assar por 40 - 50 minutos ou até que a superfície fique dourada. Retire do forno e deixe esfriar e firmar por 30 minutos antes de servir.  Se preferir, sirva à temperatura ambiente. 



Por hoje era isso, amigos!
Um beijo...e um queijo!

Sem Glúten? Isso é para quem PRECISA...não para QUEM QUER!!!!


Fotos encontradas na web


Oi, queridos amigos! Como ando muito pela blogosfera, pesquiso muito, me atualizo o tempo todo, vim aqui falar de algo que está me causando um certo ESPANTO e PREOCUPAÇÃO: a cada dia que passa, mais e mais pessoas estão aderindo à uma dieta sem glúten (e sem lactose - mas isso é assunto para outro dia, ok?)...e fico me perguntando como, estas pessoas simplesmente cortam algo de seu prato por causa de um "diz-que-disse" sem questionar...sem ir atrás de informações relativas a isso! Bem...EU FUI ATRÁS PARA VOCÊ!!! Veja bem, não sou NUTRICIONISTA, sou apenas alguém que se preocupa com o que come, com o que meus filhos comem, com o que VOCÊ come!

Inofensivo para uns, veneno para outros! Tu sabes O QUE É GLÚTEN? A grosso modo, é a proteína existente no trigo, no centeio, na cevada e no malte. Tirar estes elementos da tua alimentação não necessariamente vai te fazer bem, e também não irá resolver todos os problemas com o peso e a saúde!!! Sim...isso mesmo!!! Em qualquer área da vida, o radicalismo  está longe de ser algo bom! 

Para início de conversa, há apenas três situações - e isto é um consenso entre especialistas - nas quais tu podes abolir o glúten da tua dieta: se tiver ALERGIA a esta proteína; se fores portador de DOENÇA CELÍACA; ou se fores sensível ao glúten! E SÓ!!!!

Para o restante da humanidade, ainda não se provou que comer um prato de macarrão prejudique a saúde. "O glúten é uma proteína complexa, mas o tubo digestivo de pessoas livres de doença celíaca está totalmente preparado para digeri-lo sem qualquer problema", diz Flávio Steinwurz, gastroenterologista do Hospital Albert Einstein e do Colégio Americano de Gastroenterologia.

Na doença celíaca, a substância causa uma espécie de inflamação  no intestino, diminuindo a capacidade dele de absorver nutrientes e pode a longo prazo, causar desnutrição (não associada a perda de peso) pela falta de nutrientes essenciais ao organismo como um todo!

Antes de retirar alimentos com glúten da dieta, é importante ter um diagnóstico médico sobre a presença ou não de doença celíaca. Um estudo da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, publicado em 2012, estimou que 75% dos celíacos não sabem que têm a doença – e que a maioria das pessoas que resolvem seguir uma dieta sem glúten não recebeu o diagnóstico da condição.

O glúten está presente em praticamente tudo o que comemos, como macarrão, pães, bolos, biscoitos, pizzas...até na cerveja!!! Já a AVEIA, contém esta proteína POR CONTAMINAÇÃO. , pois é estocada em silos, juntamente com a farinha de trigo! Veja só!

Os grãos sem glúten, são o amaranto, o trigo sarraceno (que se assemelha ao trigo somente no nome, mas que vem de outra família...a das gramíneas, como a semente de girassol!). Faz parte do mix básico para os celíacos, uma mistura de farinhas de arroz, batata, polvilho doce e goma xantana. 
Hoje em dia, há restaurantes para celíacos, produtos GLÚTEN FREE e por lei, todos os alimentos e produtos industrializados DEVEM fornecer a informação nos seus rótulos - se o produto CONTÉM OU NÃO glúten a fim de alertar a população que não pode consumí-lo.

Então...de novo:

"Tenha cuidado! Ao deixar de consumir certos tipos de alimentos, é preciso colocar outros em seu lugar, com o mesmo perfil de nutrientes, porque o organismo vai se ressentir desta falta. Ele PRECISA destes elementos para não ficar com deficiência de algumas vitaminas e minerais!"

* Claro que se tu fores comer coisas sem glúten de vez em quando, não vai ficar carente de nutrientes! Estou falando do CORTE RADICAL do nutriente da tua dieta!!!

Bem...espero ter esclarecido um pouquinho sobre o assunto e peço que SEMPRE...SEMPRE...antes de aderir a alguma moda alimentar, procure se informar! Com tantos veículos de informação que temos hoje, é quase inadmissível a pessoa manter-se ignorante!


Por hoje é só, amigos!
Um beijo...e um queijo!


Fontes:
Revista Pense Leve - jun/2014
http://veja.abril.com.br/noticia/saude/gluten-e-ruim-para-quem

Um petisco delícia para a copa: Nozes Açucaradas















Oi, gente! Como está o domingo de vocês? O nosso, está espetacular! Temperatura agradabilíssima, sol, filhos e churrasco em casa, cachorrinhos correndo atrás dos quero-queros pelo terreno e... marido fazendo o petisco para o jogo???? Simmmmm...a especialidade dele: Nozes Açucaradas! Simplesmente sensacional...de pedir para esconder, porque senão a gente se entope deste doce maravilhoso!
Estas nozes são das árvores que eram dos nonos do meu marido! Agora, são nossas! Novinhas em folha...safra deste ano! Todo ano elas nos presenteiam com frutos lindos e deliciosos...e então colhemos, colocamos para secar e guardamos! Também damos de presente aos amigos e parentes em datas especiais! Quem não gosta de ganhar uma sacola cheia de nozes? Para mim, este presente é perfeito! Com elas faço pratos salgados e doces, bolos, cremes e aperitivos! Deixo hoje a receita deste petisco que desaparece "nos primeiros 45 minutos do jogo!!!!"

Você vai precisar de:

1 copo e meio de nozes descascadas (copo de 300 ml bem cheio)
1 copo de açúcar mascavo
água q.b 
1 pitada de canela em pó


Faça assim:

Numa panela, misture tudo - a água é o suficiente para "molhar" a mistura. Ligue o fogão e mexa sempre até as nozes começarem a açucarar (veja a foto acima, na qual ele está mexendo) este é o ponto de desligar o fogo. Transfira imediatamente para um refratário para elas esfriarem e pararem de cozinhar. PRONTO!!!! Só isso!!!!!

Agora é sentar na frente da TV, para ver o jogo (ou um filme...ou o seu programa predileto...) e se deleitar!!!!

Por hoje é só, pessoal! Me desculpem os outros países, mas que ganhe o BRASIL!!!!
Um beijo...e um queijo!

Torta Camponesa de Pêras














Esta receita, retirei do blog da minha querida amiga, gaúcha também, Carla Maicá. Dei uma mudadinha no texto, escrevendo exatamente como EU executei a mesma e com as mudanças que fiz. Para ver a RECEITA ORIGINAL ou seja, exatamente como ela a fez, vá lá no BLOG dela. É um blog lindo, onde ela se especializou em receitas italianas legítimas! Excelente! Você vai literalmente, viajar pelas regiões da Itália, desbravando sua culinária! Ela viajou e morou lá por 3 meses justamente para nos trazer esta experiência gastronômica sensacional! Vale muito a pena, gente! 
Voltando à receita, adaptei-a ao meu gosto...com bastante canela! Gosto muito de canela com pêras ou maçãs! Muito mesmo...pois acredito que estas frutas estão para a canela como cravo para o quentão!!!

Para executá-la, você vai precisar de:

02 ovos
1/4 xíc. de chá de leite 
01 xíc. de chá de açúcar cristal
01 1/2  xíc.de chá de farinha de trigo

Uma pitada de sal
700 gramas de peras frescas (já descascadas e sem o miolo)

2 col. de sopa de manteiga 
Açúcar e canela para polvilhar a forma + um pouco para polvilhar a massa
Cravos-da-índia (opcional)


Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte uma travessa  ou forma (a minha é quadrada e tem 20 cm de lado) com manteiga e polvilhe açúcar com canela. Bata a forma para retirar o excesso . Reserve. 
Em uma tigela bata os ovos e o leite. Acrescente o açúcar, o sal e a farinha, mexendo bem para ficar homogêneo. Reserve.
Descasque as peras, retire o cabinhos e as sementes. Corte ao meio e depois em fatias de mais de 1cm de espessura e misture-as delicadamente à massa. 
Espalhe a massa com as peras na forma e, com a ajuda de uma espátula, arrume a superfície para ficar lisa (na medida do possível). Bata a forma para que a massa vá para o fundo da forma. Espalhe a manteiga em pedaços sobre o bolo e acrescente cravos-da-índia. Leve ao forno e asse por 50min. 
Retire do forno, deixe esfriar um pouco e retire da forma. Coloque em uma gradinha para esfriar. 

Por enquanto é só, amigos!
Um beijo...e um queijo!

Brownie de Chocolate e Nozes














Oi, gente! Tudo bem por aí? Resolvi fazer este brownie para esperar os amigos para assistirmos juntos à abertura da COPA DO MUNDO 2014 e ao jogo de estréia do Brasil X Croácia! Vamos ver se eles comparecem ao chamado! Enquanto estamos no intervalo entre a abertura e o jogo, deixo para vocês esta receita delícia que a minha amiga Andréa fez (retirada da revista Claudia) - e que como sempre, ela modificou!!!! Ahahahahahah...E como sempre, acerta e fica divina! A Andréa diz assim: tu me conhece, né Ana? Eu mexo em tudo...tiro a gordura, diminuo o açúcar...e adapto com o que eu tenho! E pensando bem, gente...a cozinha é assim mesmo...não a mera reprodução de receitas, mas o poder de adaptar, transformar, criar...isso sim é cozinhar! E ela tem esse "braço" bom!!!! Obrigada, Andréa...ficou delicioso e o fiz exatamente na TUA versão!

Para quem quiser...aqui está ela (a original e a adaptada!)

Você vai precisar de:

230 gr. de farinha de trigo peneirada
340 gr. de chocolate meio amargo em barra (usei os ovos de chocolate ao leite que sobraram da páscoa)
210 gr. de manteiga sem sal (usei 100 gr. de óleo de coco E SÓ!)
40 gr. de cacau em pó (usei o chocolate ao leite dos frades)
4 ovos
400 gr. de açúcar (coloquei 200)
20 ml de extrato de baunilha (coloquei 10)
1 pitada de fermento
1 pitada de sal
100 gr. de nozes picadas grosseiramente

Faça Assim:

Ligue o forno a 170ºC para pré aquecer. Forre uma forma com papel manteiga e unte o papel com óleo de coco. Reserve. 

Numa tigela peneire a farinha, o fermento, o sal e o chocolate em pó. Junte as nozes. Reserve.
Derreta o chocolate em barra com a manteiga em banho maria (eu derreti por 2 minutos no microondas). Reserve. Na batedeira, bata os ovos com o açúcar e a baunilha. Adicione o chocolate derretido. Bata mais um pouco para incorporar. Misture a farinha a esta mistura de chocolate. Mexa bem. Despeje na assadeira e leve ao forno por 30-35 minutos. Espere amornar e corte.

Ficou muito bom mesmo! 
Por hoje é só, amigos!
Um beijo e um queijo - e boa copa!!! Que o merecedor vença!