Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bacalhau a Portuguesa - esse não podia faltar!




















Oi, amore! Hoje não podia faltar ele - a estrela da páscoa - Mr. Bacalhau!!!! Na sexta feira santa fomos almoçar na minha sogra - Salmão com molho de alcaparras...nem preciso dizer que estava de comer ajoelhada não é? Ontem, fomos almoçar fora...e quando é que eu iria conseguir fazer aquele bacalhau CONGELADO que eu comprei e paguei uma nota preta????? Hoje, ué!!!

Sim...tu leste certo: CONGELADO! Descobri ele neste ano e achei o máximo - um pouco (bastante) mais caro mas, é bem mais saboroso porque nele tu colocas os temperos e salga de acordo com o teu gosto. Já aquele que precisa demolhar...se não é bem feito o dessalgue, estraga a receita.
Então, vamos combinar assim: eu vou te dar a receita com o bacalhau congelado. Se tu quiseres saber como dessalgar o bacalhau antes de prosseguir com a receita (no caso do bacalhau conservado em sal), - ANTES OLHA AQUI.
Então, vamos à receita?

Você vai precisar de:


1,6 kg de bacalhau
8 batatas médias
Um pimentão grande verde
Um pimentão grande amarelo
Um pimentão grande vermelho
400 gr. de azeitonas verdes
2 cebolas grandes cortadas em rodelas
3 dentes de alho cortados ao meio
Sal e pimenta a gosto
5 ovos cozidos e cortados ao meio para decorar
Salsinha e cebolinha a gosto para decorar (não usei)
500 ml. de azeite de oliva extra virgem


Faça assim:

Desfie as postas de bacalhau. Corte as batatas em rodelas grossas, e cozinhe até que fiquem al dente. Coloque os ovos para cozinhar por 12 minutos. Enquanto as batatas cozinham, corte os outros ingredientes em rodelas: os pimentões e as cebolas.

Ligue o forno a 220ºC. Unte um prato refratário retangular grande, e coloque bastante azeite. Faça camadas com a batata, o bacalhau – SALPIQUE SAL E PIMENTA EM CIMA DELE COMO SE ESTIVESSE TEMPERANDO UMA SALADA - o pimentão, a cebola, a azeitona. Distribua o alho pelo prato e regue tudo com TODO o azeite extra virgem. Acrescentar mais um pouco de sal e pimenta – se quiser!

Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 45 minutos. Retire o papel alumínio, e deixe mais 10 minutos. Distribua os ovos e deixe mais 5 minutos. PRONTO.

Para acompanhar, sirva arroz e salada verde. Ah, e um vinho branco seco. Hummmmm...tudo de bom! aI, EU IA ESQUECENDO...acompanhou a refeição também o pão caseiro da sogra...mergulhado no molho do bacalhau, fez o maior sucesso!!!

Por hoje é só! Aproveito para desejar uma Feliz Páscoa para ti e para toda a tua família!!!

Um beijo...e um queijo.

Os Símbolos da Páscoa - Resgatando o Real Significado

Oi, amigos! Pois é...quem sou eu para ficar aqui dando "lição de moral"???? Realmente? De verdade? 
Sou mais uma - dentre tantos - que tenta NÃO ESQUECER que páscoa não é comércio de chocolates e nem de brinquedos! Páscoa é RESSURREIÇÃO...RENASCIMENTO...da fé, da esperança, dos nossos propósitos nesta vida...é vida nova (por isso, o OVO!)!!! 
Então... A páscoa é um evento cristão em comemoração à ressurreição de Cristo, e é considerada a maior celebração religiosa. Como Cristo renasceu, acredita-se que todos nós teremos vida eterna.
Na sexta-feira santa, Jesus Cristo foi crucificado e morto por soldados romanos após sofrer fortes espancamentos. O caminho pelo qual Jesus passou carregando sua própria cruz é conhecido como via sacra.

Existem alguns símbolos que marcam a comemoração da páscoa e apresentam um significado específico! São eles:


O ovo,  aparentemente morto, é o símbolo da vida que surge repentinamente, destruindo as paredes externas e irrompendo com vida. Simboliza a Ressurreição.


O cordeiro foi sacrificado em homenagem à libertação do povo de Deus, os hebreus, pois fugiram do Egito onde eram escravizados. Moisés sacrificou um animal para representar o sacrifício de seu povo durante vários anos. Para os Cristãos, o cordeiro representa Jesus Cristo, crucificado e sacrificado por nossos pecados.



Como muitas igrejas possuem sinos, este também tornou-se um símbolo da páscoa, pois seu som festivo anuncia o ressurgimento de Jesus, sua ressurreição no domingo de páscoa.

O círio pascal é uma vela acesa, que significa o renascimento, a luz de Cristo que ilumina nossos caminhos e nossas vidas, tendo Ele ressuscitado das trevas. No círio pascal aparecem os símbolos alfa e ômega, demonstrando que Deus é o princípio e o fim de tudo.


O girassol é a forma de mostrar que a humanidade deve seguir a luz de Deus, assim como essa flor segue a luz do sol; onde quer que o sol esteja a flor está voltada para o seu lado.



O pão e o vinho tornaram-se figuras importantes na páscoa, pois Jesus sabia que passaria por todo aquele sofrimento e que morreria na cruz. Assim, chamou seus discípulos e fez a santa ceia, oferecendo pão e vinho para eles. O evangelho segundo Lucas explica essa passagem: "E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da Nova Aliança [ou Novo Pacto] do meu sangue derramado em favor de vós." (Lucas 22:19-20). Esses elementos passaram a ser considerados como o corpo e o sangue de Cristo em busca da vida eterna.



A colomba pascal é um pão no formato de uma pomba, criado por um confeiteiro do norte na Itália, representa a vinda do Espírito Santo sobre os povos cristãos, além de ser um símbolo de paz, que representa a paz em Cristo.



Texto ADAPTADO DAQUI. Imagens retiradas da web.

Arroz de Forno Delicioso











Oi, gente! Tudo bem por aí? Aqui ando meio apressada..."meio-sempre-correndo"...Por conta disso, tenho que pensar sempre que tenho crianças e portanto, devo fazer pratos rápidos, fáceis ( não necessariamente) e NUTRITIVOS!
Então...ontem eu havia feito panquecas e aproveitei - já pensando no dia seguinte - e fiz bastante guizado com ovo, tipo recheio de pastel, sabe? 
Pois bem...fui para a cozinha hoje já pensando em fazer um arroz de forno...e ó...ficou simplesmente delicioso. Fácil, com ingredientes que tu tens em casa e rápido. Mãos à obra?
Receita ADAPTADA daqui.

Você vai precisar de:

4 punhados cheios de arroz
guizadinho já feito (eu tinha o equivalente a  1/2 panela pequena)
150 gr. de queijo muzzarella
1/2 abobrinha grande tipo "suchetti" ralada (ou se preferir, pode colocar 1 cenoura ralada - eu não tinha)
2 col. de sopa de salsa picada
2 ovos
1 xíc. de chá de leite
1/2 pote de requeijão
3 col. de sopa de queijo parmesão ralado ( eu usei tipo grana padano ralado fresco)
Sal e pimenta a gosto

Faça assim:

Cozinhe o arroz. Numa tigela coloque  numa tigela o guizado, o arroz, a abobrinha, a salsa, a muzzarella e o arroz. Misture. Coloque em um refratário untado com manteiga ou margarina. Reserve.  
Ligue o forno a 180ºC. 
No liquidificador bata os ovos, o leite, o requeijão, o queijo, o sal e a pimenta. CUIDADO AO COLOCAR SAL...O QUEIJO PARMESÃO JÁ É BEM SALGADO. 
Despeje sobre o arroz a asse em forno pré aquecido por 30 minutos ou até dourar.

Então? Não é fácil?
Faça...você vai gostar muito!
Por hoje é só, queridos!
Um beijo...e um queijo!

Bolo de Banana com Gotas de Chocolate DELICIOUS - e uma HOMENAGEM!




   Foto retirada DAQUI



Minhas modestas Produções

Rosquinha donnut em feltro

Marcador de página (o meu é o da direita!)

Gatinho da linha Tilda

Bolsa baldinho "imitada" porém nem de longe igual à que a Helena Vicente Guerra do Quilts São Eternos fez para mim!





Foto do site Panelinha - para mostrar a você para que servem as bolinhas!

Feijões de cerâmica para assar tortas Feitos pela querida MAGALI NOGUEIRA
( encomendei e...ela fez! olha a delicadeza deste trabalho MANUAL, ela ainda marcou cada bolinha! Uma gracinha)

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Oi, gente! Hoje é dia do artesão...e eu não poderia deixar passar em branco um dia que considero muito importante...é o dia de todos que se dedicam a fazer produtos HANDMADE...sejam eles dos mais diversos materiais e naturezas...inclusive os KITCHENMADE  ahahahahahahah...

Dou muito valor a produtos feitos artesanalmente...e nada, acredite...nenhum preço paga este trabalho! Eu estava falando, dia desses, sobre a trabalheira que dá fazer uma colcha de Patchwork...aí a pessoa cobra R$ 1.000,00! Você acha caro? Não é não...ela passou meses inclinada sobre aquele trabalho fazendo ponto a ponto aquilo que agora te chamou atenção e que tu gostaste! Para quem compra, pode ser...mas para quem vende, com certeza não o é!

Ultimamente tenho me dedicado (até que bastante) a fazer Patchwork, Costura, Bordado, Crochet...Sou uma pessoa autodidata, que vai atrás, pesquisa e faz! Está no meu sangue! A minha avó materna - a vó Geny - tinha um quartinho na casa dela, com tudo o que se pode imaginar de quinquilharia! Ela vivia de sua arte e para mim...lá era o PARAÍSO! Imagine uma menina perdida no meio de rendas, linhas, botões, potinhos, tecidos, tintas, alfinetes, tesouras, fitas...esta era eu! Me parece de vê-la lá...aquele quartinho onde ela trabalhava está no meu imaginário para sempre! 

Me viro bem tanto na cozinha como nos trabalhos manuais...mas não faço para vender, não...faço porque me dá prazer apenas...eu adoro! Agora mesmo eu estava falando com a minha amiga Léia, do blog Cucchiaio Pieno - no facebook - que eu não vejo a hora que esfrie o tempo para me enrolar nas cobertas e crochetar em frente a TV! Gosto muito! E você? Me conta!

Para hoje, trago um bolo especial, feito por outra amiga do facebook, a Ana Matusita do blog ANA SINHANA. Ela é uma pessoa especial, que faz trabalhos em patch e em costura e em tantas outras técnicas...ela é multifuncional...e como eu, também é chegada num prato feito em casa...vai lá no blog dela pra ver! É show! Ah...a receita é do tipo pá-pum! Fácil, fácil!

Então, chega de papo e vamos à receita:

Você vai precisar de:

4 bananas brancas bem maduras 
1/2 xíc. de açúcar
2 col. de sopa de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 ovo
1/4 de xíc. de chá de aveia em flocos finos
1 xíc. de chá de farinha de trigo 
1 col. de chá de fermento em pó
1/2 xíc. de gotas de chocolate meio amargo ou chocolate meio amargo picadinho.

Faça assim:

Pré aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma assadeira para pão ou uma forma pequena.
Amasse as bananas numa tigela. Adicione a elas o açúcar e a manteiga. Bata com a mão, com o auxílio de um "fouet" (ou com uma colher mesmo), até incorporar bem. Acrescente o ovo e bata mais um pouquinho. Junte a esta mistura a aveia e a farinha PENEIRADA. Mexa bem e incorpore o fermento. Bata mais um pouco. Adicione o chocolate. Mexa. Despeje a mistura na forma e leve ao forno pré aquecido por +/- 40 minutos. Faça o teste do palito.

Só isso! Viu que fácil? E o resultado não poderia deixar de ser outro senão um bolo fofinho, aromático e muito saboroso!

Por hoje é só, amigos!
Um beijo...e um queijo!

A Verdadeira História da Páscoa - você vai AMAR!

Retirado da web/facebook

Oi, amore! Quer saber a história da Páscoa? A verdadeira? Assista então este vídeo lindo e mimoso onde, numa linguagem simples, as crianças explicam de um jeito irresistível...você vai sentir-se leve e feliz depois de vê-lo!  Sim...porque hoje eu não trouxe uma receitinha de algo de chocolate por causa da páscoa...aliás, você sabe quais são os símbolos da Páscoa e porque o OVO faz parte deles?  Mas isso fica para o próximo post!

bon spectacle!

Suflê de Couve Flor ( ou brócolis, ou espinafre, ou cenoura...)







Ando meio sumidinha, não é? Então vou contar: a minha "assistente do lar" me deixou!!!!! Isto quer dizer que...que...bem, tu sabes muito bem o que isso quer dizer! E o blog coitadinho, tem que esperar a sua vez! Além dele, tenho que cuidar da casa, dos cães, dos filhos, da comida, do lanche, da escola, das aulas de patchwork, do inglês, do futsal, do balé, da depilação, do cabeleireiro ( sim...e para o básico: fazer a raiz do cabela, que agora a cada 15 dias já está indecente de branca!), entre outras "cositas más"!!!! Nossa...há dias em que eu me deito à noite e fico lá...esticada..."dando simplesmente um tempo", sozinha, quietinha, no escurinho...só curtindo o silêncio!

Mas então como eu estava dizendo, agora faço almoço também TODOS os dias, e não apenas eventualmente! E trouxe uma das receitas que adoro e que dá muito certo: Suflê de Couve Flor. É uma receita bem prática, porque tu podes variar o sabor conforme o que tiver na geladeira! É rápido e fica bem gostoso! 

Você vai precisar de:

Um buquê de couve flor cozida e picada
3 gemas
3 claras em neve
2 col. de sopa cheias de farinha de trigo
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho picadinho
1 1/2 col. de sopa de queijo pecorino ou grana padano  ralado
sal q.b. (SE FOR COLOCAR O QUEIJO RALADO, NÃO PRECISA ADICIONAR O SAL!)

Faça Assim:

Unte um refratário com manteiga. Reserve. Ligue o forno a 180ºC para pré aquece-lo.
Numa tigela, misture tudo menos as claras em neve. Por último adicione-as à mistura, mexendo delicadamente. Coloque a mistura no refratário, polvilhe mais um pouco de queijo ralado em cima e leve ao forno até dourar ( dá +/- 30/40 minutos!).

Bon appétit!!!

Bem, por hoje é o que tenho para ti!
Um beijo... e um queijo!